Administração de Timóteo divulga novas medidas para o comércio

As medidas estabelecidas para o comércio visam evitar a propagação do novo coronavírus (Covid-19)

Reprodução


Professor Vespa e Douglas Willkys durante o pronunciamento

A administração de Timóteo divulgou, nesta quinta-feira (2), novas medidas para o funcionamento do comércio no município. Dentre os setores incluídos estão as sorveterias, livrarias, lojas de materiais e salões de beleza. As medidas estabelecidas para o comércio visam evitar a propagação do novo coronavírus (Covid-19).

Conforme o governo municipal, as sorveterias, açaís, docerias e lojas de materiais podem funcionar da seguinte forma: “Fica proibida a entrada, aglomeração ou filas de clientes no interior da loja; Está liberada a tele-entrega na residência do cliente; É permitida a retirada de produtos na porta da loja sem adentrar no estabelecimento; O estabelecimento deve disponibilizar água e sabão para a limpeza das mãos dos funcionários e manter o ambiente sempre limpo”.

Já os salões de beleza e barbearias podem funcionar da seguinte forma: “Por meio de agendamento prévio; É proibida a aglomeração de clientes ou filas na loja; O estabelecimento deve disponibilizar água e sabão para a limpeza das mãos dos funcionários e clientes, mantendo o ambiente sempre limpo”.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Comuna Vírus 07 de abril, 2020 | 11:52
Não era nem pra ter fechado, agora vão reabrir com precaução,? porque o Vírus já está controlado?ou por trás não há também interesses políticos pra adiar as eleições?
Jovem Aprendiz 03 de abril, 2020 | 16:44
Agora as madames poderão se embelezar para os maridos nos salões de beleza.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO