Idosos terão casa identificada durante pandemia

As equipes de visitação e de vacinação do governo municipal terão a responsabilidade de deixar o aviso, caso seja permitido pelo morador, alertando que na residência há um idoso do grupo de risco

Divulgação


Adesivos servem para que visitas inoportunas não coloquem essas pessoas em risco

A administração de Coronel Fabriciano, por meio do Comitê de Gestão do Coronavírus, informou que vai adotar a medida de colar um adesivo nas residências das pessoas mais suscetíveis à contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19), para que visitas inoportunas não coloquem essas pessoas em risco. Fazem parte desse grupo os idosos acima dos 60 anos que são hipertensos, portadores de diabetes ou das duas doenças juntas.

As equipes de visitação e de vacinação do governo municipal terão a responsabilidade de deixar o aviso, caso seja permitido pelo morador, alertando que na residência há um idoso do grupo de risco e que é dever do visitante proteger quem mora ali. “Idosos adoram receber visitas e por educação não costumam mandar o visitante embora. Com o adesivo nós esperamos gerar conscientização e ao mesmo tempo propagar o amor ao próximo. Se nós sabemos que aquela pessoa está em risco então temos que fazer o melhor por ela”, disse o prefeito Marcos Vinicius.

Com medidas focadas na população idosa, o Executivo acredita que pode evitar mortes ou internações graves em UTI’s, já que em todo o mundo está provado que o maior número de óbitos por coronavírus é de pessoas com idade avançada e que estão acometidas de outras doenças, como insuficiência respiratória.

Solidariedade

Para proteger os velhinhos do município, a administração criou também a campanha “Coroasvivos – Delivery 60+”, voltada para idosos que moram em condomínios de apartamentos e casas. O objetivo é incentivar a população mais jovem a ajudar quem está em isolamento social. A população pode fazer compras em supermercados, buscar o pão da manhã e realizar afazeres externos de forma voluntária sem ter contato com o idoso.

A Secretaria de Governança de Assistência Social também criou um serviço de acolhimento emocional pelo telefone: 31 3846 7730. Os interessados devem passar o número do WhatsApp para que possam conversar com idosos que moram sozinhos. Para manter os idosos em casa, o governo municipal ainda faz a vacinação contra gripe H1N1 em domicílio.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

José Antônio da Silveira Drumond 03 de abril, 2020 | 18:53
Senhor Marcos Vinicius, digníssimo Prefeito nosso. Sou seu admirador, tenho 70 anos, e acho que a sua intenção merece nota 10. Mas por outro lado acho também que ela não foi bem pensada, pois realmente está mostrando aos bandidos e moleques (que são muitos infelizmente) da região onde poderão "atacar" com mais facilidade, com pouco risco. Acho que poderia rever a medida.
Rick 01 de abril, 2020 | 23:30
vão virar alvo de bandidos
Antonio Eustaquio Barros 01 de abril, 2020 | 18:13
O nazifacismo e o colonialismo marcando o gado. Q coisa abominável!

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO