Bruno poderá voltar a jogar agora na 2ª Divisão do RJ

O destino do jogador poderá ser fora do Brasil, desde que a Justiça o libere a sair do país

Renata Caldeira TJMG


Goleiro busca formas de voltar ao futebol

Surgiu mais uma possibilidade do goleiro Bruno enfim retomar sua carreira. Foi divulgado nesta quarta-feira (1) que o goleiro revelado no Atlético, que depois defendeu com sucesso Corinthians e Flamengo, até se envolver no assassinato de Eliza Samúdio, assinou com um clube-empresa denominado J. Winners, com sede em Portugal, que, porém representa vários clubes da Europa e em outros continentes.

O destino do jogador poderá ser fora do Brasil, desde que a Justiça o libere a sair do país. No entanto, neste primeiro momento, ele atuará no futebol brasileiro. Conforme revelou o próprio clube-empresa, Bruno atuará no Rio de Janeiro, numa equipe da 2ª Divisão do Campeonato Carioca, que está previsto para o segundo semestre, cujo nome não foi divulgado. Isto só deverá acontecer após o fim da pandemia causada pelo novo coronavírus.

Nota oficial dos contratantes

O conteúdo do texto que informa a contratação de Bruno Fernandes, de 35 anos, é o seguinte:

“J Winners Gestão, na condição de empresa gestora da carreira do atleta Bruno Fernandes, vem através da presente missiva informar e esclarecer a quem possa interessar que:

1 - Referente à mudança de endereço do atleta de Varginha para Arraial do Cabo, todos os procedimentos foram executados em conformidade com autorizações judiciais, sendo estes cumpridos rigorosamente. A escolha do novo lar atende não apenas expectativas profissionais, mas também familiares, já que a família de sua esposa reside na região.

2 - O atleta Bruno Fernandes tem imensa gratidão e respeito por toda sua história desenvolvida na cidade de Varginha. Além do nascimento de sua filha, Varginha colocou em seu caminho pessoas boas, dispostas à auxiliar um homem e atleta à recomeçar sua vida. Varginha sempre será o seu segundo lar e os bons amigos e incentivadores sempre estadão em seu coração.

3 - Referente à carreira profissional do atleta, informamos que este já mantém vínculo com nossa estrutura sediada na Europa, sendo que neste ano de 2020 atuará através de empréstimo em solo brasileiro.

Para que isso possa ocorrer com sucesso, o atleta está empenhando todos os esforços em trabalhos diários, para atingir o melhor de sua forma física e técnico, a fim de atuar com excelência.

4 - Bruno Fernandes não é o 'goleiro Bruno' estampado nos noticiários. Bruno é um homem do bem, pai de família, que iniciou seu processo de ressocialização, sem desrespeitar o que é determinado pela justiça e honrando o que lhe é imposto”, completa a nota oficial.

Bruno tentou retomar a carreira em diversos clubes, em Minas Gerais e noutros estados, sendo por último no Mato Grosso, porém a pressão popular e de patrocinadores sobre os dirigentes dessas equipes fizeram todos recuar. A expectativa desta feita é que não ocorra o mesmo na cidade no interior fluminense.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO