Cruzeiro contrata empresa de auditoria para rever balanço

Apesar da pandemia de coronavírus, a empresa garante que há possibilidade de o trabalho ser concluído até o fim do mês

O Cruzeiro anunciou a contratação da Moore Auditores e Consultores para revisar o balanço patrimonial de 2019 e analisar outros números internos do clube. De acordo com a nota divulgada pelo clube, o contrato foi assinado na última semana.

“Vamos contar agora com essa auditoria de renome, algo muito importante para a fase que vivemos no Cruzeiro. Eles vão repassar todos os números, toda a vida financeira do Clube no período de 2019”, garantiu Saulo Fróes, presidente do Conselho Gestor do Cruzeiro.

A análise é ainda mais importante, uma vez que 2019 foi o último ano de gestão do ex-presidente Wagner Pires de Sá. Após denúncias de corrupção, o antigo mandatário renunciou ao cargo em dezembro do ano passado ao lado dos vices, Hermínio Lemos e Ronaldo Granata.

Para dar início ao trabalho, que deverá ser concluído até o fim deste mês, as equipes da empresa de auditoria já tiveram uma reunião com representantes dos departamentos de contabilidade, financeiro, departamento pessoal e a diretores do Cruzeiro.

Apesar da pandemia de coronavírus, a empresa garante que há possibilidade de o trabalho ser concluído até o fim do mês. Vale lembrar que, por lei, o Cruzeiro precisa publicar as contas e apresentar os números ao Conselho Deliberativo até 30 de abril.

“A intenção da Moore é tentar concluir os trabalhos até o dia 30 de abril. Entre os desafios está a pandemia do coronavírus, mas nós temos ferramentas tecnológicas e de auditoria, que nos permitem desenvolver boa parte do nosso trabalho remotamente”, explicou Ruy Gomes, sócio diretor da companhia. (Com informações do Superesportes)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO