Assistência Social de Coronel Fabriciano implanta acolhimento emocional por telefone

Do outro lado da linha, psicólogos e assistentes sociais do município estarão aptos a ouvir e aconselhar as pessoas com sintomas de pânico e ansiedade que não esteja se sentindo apta a lidar com os problemas sozinhos

A Secretaria de Governança da Assistência Social de Coronel Fabriciano implantou o acolhimento emocional pelo telefone 3846-7730. O serviço é voltado para os usuários da rede municipal, sobretudo, os idosos que estão em quarentena em casa por causa do novo coronavírus (Covid-19). A informação é do Executivo municipal.

Do outro lado da linha, psicólogos e assistentes sociais do município estarão aptos a ouvir e aconselhar as pessoas com sintomas de pânico e ansiedade que não esteja se sentindo apta a lidar com os problemas sozinhos. O acolhimento emocional funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. O fluxo foi montado pelo o psiquiatra da rede municipal, Caio Neds.

“É o momento de todos ficarem em casa, em isolamento social, para conter o avanço de casos do coronavírus. No entanto, nem todos estão conseguindo lidar com as incertezas, medos e angústias. Daí a importância de criar um canal aberto para acolher estas pessoas, sobretudo, os idosos”, explica a secretária da pasta, Letícia Godinho. “O excesso de notícias e também de fakenews aumenta esta ansiedade, por isso, é importante manter uma rotina saudável, fazer atividades extras, manter contato com outros mesmo que por telefone”, orienta.

Doações

Outra iniciativa do governo é o serviço de delivery (entrega a domicílio) de cestas com alimentos para as famílias em situação de insegurança alimentar assistidos pelo município. Os itens são arrecadados, higienizados e distribuídos pelo Banco de Alimentos, mantido pela administração municipal, e entregues semanalmente para cerca de 200 famílias e 14 entidades cadastradas no equipamento.

O serviço funcionará desta forma enquanto durar o período de quarentena por causa do coronavírus. O governo aponta que também já estuda a ampliação do acesso e inclusão de novas famílias ao serviço.

O Banco de Alimentos continua a cadastrar estabelecimentos comerciais dispostos a doar frutas, verduras e legumes in natura sem valor comercial, mas próprias para o consumo. O equipamento também recebe doações de alimentos não perecíveis (cestas básicas) de pessoas físicas interessadas em ajudar as famílias mais necessitadas neste momento. O Banco de Alimentos está situado na rua Açaí, nº 250, bairro Floresta. Mais informações: 3846-7738.

Horário especial

A partir desta segunda-feira (30), os demais serviços da Assistência Social foram reabertos, mas com horário de atendimento reduzido, das 8h às 14h. Porém as visitas domiciliares continuam suspensas, salvo em alguma emergência e urgência, como casos de violência, crianças, adolescentes e idosos em situação de risco social o atendimento é assegurado.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO