Funcionamento do comércio em Timóteo é pauta de reunião

O Executivo lembrou ainda que atualmente existem restrições impostas pelo Estado de Minas Gerais

Divulgação


Empresários se reuniram com o prefeito para discutir os rumos do comércio

O prefeito de Timóteo Douglas Willkys e o secretário de Saúde, Eduardo Morais, se reuniram com representantes da Associação Comercial e Empresarial (ACE), da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e de um grupo de comerciantes independentes do município para discutir algumas questões referentes aos reflexos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

No encontro desta segunda-feira (30), a classe empresarial expôs as dificuldades com o fechamento parcial dos estabelecimentos, e o governo municipal reforçou que não existem dados técnicos para a tomada de decisão sobre uma possível liberação total do comércio.

O Executivo lembrou ainda que atualmente existem restrições impostas pelo Estado de Minas Gerais e que essas contingências foram reforçadas pela Recomendação Conjunta nº 01/2020, pelo Ministério Público de Minas Gerais, fortalecendo algumas medidas que precisam ter continuidade como a vedação de aglomeração no combate à propagação da Covid-19, bem como carretas e manifestações públicas.

Comitê

Após a reunião com o segmento comercial, o comitê de enfrentamento ao coronavírus de Timóteo se encontrou para fazer um balanço a respeito da evolução dos casos suspeitos registrados no fim de semana. Estavam presentes representantes da administração municipal, da UPA, do Hospital e Maternidade Vital Brazil, da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, da Superintendência Regional de Saúde e da Agência da Região Metropolitana do Vale do Aço.

A opinião unânime é que o isolamento social aliado às demais medidas tem sido positivo. A falta de retorno aos exames e de testes por parte do governo de Estado foi pontuado como uma das limitações à tomada de decisões quanto à flexibilização das medidas adotadas.

Nesta quarta-feira (1) o comitê volta a se reunir para deliberar sobre novas medidas e ações a serem adotadas.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Geraldo do Divino Mesquita 02 de abril, 2020 | 15:17
Sou a favo do isolamento social, e também a favor do Ministério da saúde e as recomendações da OMS. Nenhum comerciante tem condições de arcar com os os casos que poderão advir com as aglomerações de pessoas no comercio. A responsabilidade é do Município. Cabe somente ao Prefeito a tomada de decisões.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO