Flexibilização do horário do comércio é discutida em Santana do Paraíso

A informação é do governo municipal

Divulgação


Reunião entre empresários e governo municipal discutiu paralisação do comércio por causa do novo coronavírus

A prefeita de Santana do Paraíso, Luzia de Melo, se reuniu com alguns comerciantes e líderes religiosos nesta segunda-feira (30), para debater sobre os decretos municipal e estadual que determinam o fechamento do comércio por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A informação é do governo municipal.

O assunto mais debatido foi a possibilidade de reabrir, gradativamente, o comércio. Muitos comerciantes expuseram os impactos provocados como: demissão de funcionários; atraso de pagamento por parte dos clientes, dentre outros. Alguns representantes disseram que correm o risco de fechar definitivamente seus comércios.

Os comerciantes sugeriram que parte dos estabelecimentos abra pela manhã ou à tarde, como algumas cidades vêm fazendo, e ressaltaram seguir todas as medidas restritivas.

A prefeita explicou acerca dos decretos e decisões em concordância com as determinações tomadas pelo governador de Minas Gerais, Romeu Zema.

Para a abertura parcial ou não do comércio, a decisão partirá por meio de possíveis determinações do Estado sobre a sugestão dos comerciantes.

O Executivo Municipal informa que fará uma análise para possíveis medidas de flexibilização sobre os pedidos dos representantes.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Yacana 31 de março, 2020 | 17:26
Olha o exemplo que estão dando para a comunidade... A recomendação da OMS e do Ministério da Saúde é não aglomerar, aí a prefeita resolve fazer o quê? Uma reunião, todos aglomerados. Sinceramente...

Não é o momento de flexibilizar nada, todos os especialistas estão orientando pelo isolamento social, o governo do estado recomenda o isolamento social, o ministério da saúde e a OMS recomenda o isolamento social. Vejam o exemplo da cidade de Milão que resolveu flexibilizar e acordem para a realidade.
Rosário Borges 31 de março, 2020 | 14:15
vi o pronunciamento do Romeu Zeca . ele disse que a palavra final são dos prefeitos. então queremos nosso direito de tratalhar em paz não é justo. temos contas .temos filhos é fácil ser contra reabertura do comércio quando tem dinheiro garantido.
Rosário Borges 31 de março, 2020 | 14:10
sou cabeleireiro e pago aluguel tenho filho pra criar preciso trabalhar ,quem vai pagar nossas ondas até o governo liberar dinheiro vamos comer o que?
Carlos Mendanha 31 de março, 2020 | 13:06
No jardim vitória em Santana do paraíso, já fizemos ofício para a a Gerência de obras, sobre capina dos lotes públicos e o mato e animais peçonhentos entrando nas casas é um absurdo.
Lotes entre as Ruas Sucupira e Angelim.
Silvana Paula 30 de março, 2020 | 23:00
Até parece a prefeita do Santana do paraíso não tá nem aí para nada aqui mesmo no parque caravelas que faz parte do Santana do paraíso os mato tá quaze carregando bairro é uma pouca vergonha a onde está indo o dinheiro dos impostos parque caravelas cheio de Mato o parque caravelas tinha que pertence Ipatinga pelo menos ia ser mais cuidado Ipatinga a prefeitura estava fiscalizando para ver se as pessoas ia obedecer o decreto aqui no parque caravelas não tinha ninguém da prefeitura do Santana do paraíso fiscalizando local bom para morar só que a prefeitura não está nem ai
Simone Nascimento 30 de março, 2020 | 20:23
Prefeita esta no caminho certo,meu amigo fisioterapeuta de Ipatinga esta aberto aqui no Rio ganhando muito dinheiro mas tomando os cuidados as contas estao chegando quem vai pagar pensa nos empregos de todos Agmarcarioca mito 2022

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO