Conmebol vai adiantar premiações da Libertadores e Sul-Americana

A decisão visa ajudar os clubes a enfrentar os impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19)

A Conmebol informou que vai adiantar até 60% das premiações pela participação na fase de grupos da Copa Libertadores e da segunda etapa da Copa Sul-Americana. A decisão visa ajudar os clubes a enfrentar os impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Com isso, todos os clubes que estão na fase de grupos da Libertadores poderão receber antecipadamente cerca de US$ 1,8 milhão (aproximadamente R$ 9,1 milhões). Isso equivale a 60% dos US$ 3 milhões que eles ganhariam de premiação pelos jogos como mandante, ao fim desta etapa da competição, divulgou o site globoesporte.com. Os brasileiros beneficiados são Flamengo, Palmeiras, Athletico-PR, São Paulo, Grêmio, Internacional e Santos.

A Sul-Americana está na segunda fase, com os confrontos ainda a serem definidos por sorteio. Os clubes que chegaram nesta parte da competição poderão receber 60% dos US$ 375 mil (cerca de R$ 1,9 milhão) a que teriam direito como prêmio, ou seja, US$ 225 mil (R$ 1,14 milhão). Vasco e Bahia seguem vivos no torneio.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO