Frigorífico é multado pela PM de Meio Ambiente

Sangue e carcaça dos animais abatidos eram lançados em um terreno sem qualquer cuidado

Divulgação Polícia Militar de Meio Ambiente


Os policiais militares encontraram várias irregularidades nas atividades do frigorífico

Um frigorífico localizado na zona rural de Caratinga foi multado pela Polícia Militar de Meio Ambiente em R$ 250 mil. A autuação pelo crime ambiental ao estabelecimento ocorreu nesta quinta-feira (26), com a descoberta dos danos causados pela atividade de abate de animais bovinos e suínos. Os rejeitos estariam contaminando o solo e o lençol freático.

A informação foi divulgada pelo capitão Átila Porto, comandante da 12ª Companhia de Meio Ambiente. A atividade do frigorífico, de forma clandestina, lançava os rejeitos das atividades em local inapropriado, in natura, sendo conteúdo animal e efluentes líquidos contendo sangue e carcaças lançados em área comum, no interior de uma fazenda pertencente ao frigorífico.

Os PMs suspenderam as atividades lavrando duas multas de infração pelo crime ambiental no valor total de R$ 250 mil. O capitão ressaltou que, apesar do valor, o dano ambiental causado ao lençol freático é incalculável. “O nível de consciência ambiental de um empresário, que nesse caso só está pensando em auferir lucros sem nenhum comprometimento com o meio ambiente”, comentou sobre a situação que será encaminhada para o Ministério Público.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Samuel 28 de março, 2020 | 19:31
Qual o nome do frigorífico?
Moisés 27 de março, 2020 | 08:41
Tinha que fechar definitivamente se tem essa atitude, imagina a qualidade dos produtos para consumo colocados no mercado.
Augusto 26 de março, 2020 | 15:16
Agora a polícia ambiental poderia usar está multa para pagar um colega meu que reformou a companhia do centro de Ipatinga e até hoje não recebeu.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO