FMF estende parada do Mineiro até 30 de abril

No dia 15 de março, a federação optou por suspender as competições no estado por tempo indeterminado, para evitar aglomeração de pessoas nos estádios

Bruno Cantini


Medida foi tomada diante da falta de perspectivas de soluções imediatas para a crise do novo coronavírus

O Campeonato Mineiro não voltará a ser realizado, ao menos, até o dia 30 de abril. Isso foi o que definiu a Federação Mineira de Futebol (FMF) nesta quarta-feira (25), em meio ao cenário sem perspectivas imediatas de solução para a crise do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil e no mundo.

No dia 15 de março, a federação optou por suspender as competições no estado por tempo indeterminado, para evitar aglomeração de pessoas nos estádios. Com o avanço da doença no país e sem perspectivas de quando essa crise termina, a FMF tomou a decisão de estender a paralisação.

A parada manterá a primeira e segunda divisões mineiras sem atividades, o que atingirá o calendário das competições. Para compreender a dificuldade do cenário atual do futebol mineiro, a final da divisão de elite seria disputada no dia 26 de abril. Com o novo recesso, ainda não se sabe como as datas do fim da primeira fase e dos mata-mata serão encaixados ao longo da temporada.

No caso do Módulo B, a competição foi paralisada na sétima rodada, num total de dez a serem disputadas. Além da fase inicial, também havia previsão da realização de um quadrangular para definir o campeão e as duas equipes que subirão à elite do Estadual em 2021.

Com mais um mês de paralisação no futebol garantida, será preciso pensar novas soluções para concluir as competições. Além disso, a preocupação maior é com os times do interior, com menos recursos, e que normalmente contratam jogadores apenas para a disputa do Estadual.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO