Vale deve destinar R$ 5 milhões para conclusão de ala hospitalar

Justiça confirma acordo entre Estado e Vale para aplicar mais de R$ 5 milhões em atendimento de pacientes da Covid-19

De acordo com a decisão judicial desta quinta-feira (19), a Vale terá que destinar o valor de R$ 5.241.162,90 para a conclusão das obras da ala D do Hospital Eduardo de Menezes, em Belo Horizonte, voltada ao isolamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus (Covid-19) e também para a compra de equipamentos para enfrentamento da pandemia.

O Governo de Minas Gerais, por meio da Advocacia-Geral do Estado, obteve a homologação em acordo judicial com a Vale, em decisão proferida pelo juiz estadual Elton Pupo Nogueira, da 2ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias em Minas Gerais, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Nas razões da decisão, o juiz Elton Pupo afirmou que: “É de conhecimento público a dificuldade financeira em que se encontra o Estado de Minas Gerais, ao mesmo tempo em que são gravíssimas as consequências da pandemia de coronavírus que exige atuação urgente e utilização de recursos financeiros que o Estado não dispõe”.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO