Homem acidentado na BR-458 morre no HMC

Marconi era a segunda vítima da colisão frontal entre dois carros na madrugada de domingo

Corpo de Bombeiros Militar/Reprodução


Marconi estava no Fiat Siena e saiu do acidente gravemente ferido
Atualizada às 14:20
Morreu no Hospital Márcio Cunha (HMC), em Ipatinga, da tarde desta segunda-feira (16), a outra vítima de um grave acidente ocorrido na madrugada de domingo (15). Marconi Nunes Franco, que iria completar 44 anos nesta quinta-feira (19), estava no Fiat Siena que colidiu frontalmente contra um Chevrolet Corsa na BR-458, próximo ao Clube do Cavalo, e matou na hora o condutor deste segundo carro.

O Diário do Aço divulgou ainda no domingo as informações sobre o acidente ocorrido por volta das 3h da madrugada. Deidson Araújo de Souza, de 36 anos, dirigia o Corsa sentido Ipatinga a Ipaba e, por motivos ainda desconhecidos, o Fiat Siena de Marconi, que seguia no sentido contrário, invadiu a contramão de direção. Os carros colidiram frontalmente.

O condutor do Corsa morreu na hora, preso entre as ferragens. Marconi foi retirado do Fiat Siena pelo Corpo de Bombeiros Militar e repassado para a Unidade de Resgate do SAMU. Ele apresentava um quadro de traumatismo craniano grave e fraturas nas pernas. Internado no HMC, o motorista do Siena não resistiu e morreu na tarde desta segunda-feira.

O corpo de Marconi foi encaminhado ao IML de Ipatinga pela funerária Paraíso para ser necropsiado. Ele era casado e morava no bairro Cidade Nobre, em Ipatinga. A outra vítima do acidente era moradora de Ipaba, onde ocorreu o sepultamento do seu corpo na manhã de segunda-feira. As causas do acidente estão sendo investigadas pela Polícia Civil.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO