Acidente com carreta mata motorista de Coronel Fabriciano no sul de Minas

Enquanto os socorristas tentavam salvar a vida da vítima, populares saqueavam a carga de iogurte

Foto enviada ao Portal Diário do Aço


Fernando Ribeiro tinha 33 anos e morreu enquanto era retirado das ferragens do caminhão
Atualizado às 15h57 26/02
Morador de Coronel Fabriciano, Fernando Ribeiro Ferreira, de 33 anos, morreu em um acidente de trânsito no trecho da rodovia Fernão Dias (BR-381) no município de Carmo da Cachoeira, no Sul de Minas Gerais. Na manhã desta terça-feira (25) Fernando conduzia um caminhão Scânia R124, com placas de Coronel Fabriciano e puxando uma carreta carregada com iogurte. A carga perecível acabou saqueada por populares enquanto o motorista era socorrido.

Fernando, que tem família em Coronel Fabriciano, morreu antes de ser levado a um hospital, conforme relatório do Corpo de Bombeiros Militar. De acordo com informações da imprensa do Sul de Minas, o acidente aconteceu por volta das 10h do dia 25, no Km720 da rodovia no sentido a Belo Horizonte.

Por motivos desconhecidos, Fernando perdeu o controle do caminhão que tracionava a carreta e tombou na estrada. Os socorristas da concessionária da rodovia resgataram a vítima presa nas ferragens para que fosse transportada no helicóptero Arcanjo 8º do Batalhão de Operações Aéreas (BOA) do Corpo de Bombeiros Militar de Varginha. Contudo, o motorista sofreu parada cardiorrespiratória e, apesar dos esforços das equipes de socorro, Fernando não resistiu e morreu.

Uma multidão saqueou a carga de iogurte no momento que os socorristas tentavam salvar a vida do motorista. Com a chegada da Polícia Rodoviária Federal, a situação foi controlada e o trânsito impedido para a retirada do veículo acidentado.

Sepultamento
O corpo de Fernando foi encaminhado ao IML e já liberado para a família providenciar o enterro em Coronel Fabriciano. Os funcionários da funerária Cristo Rei informaram ao Diário do Aço que o sepultamento está agendado para ocorrer nesta quinta quinta-feira (27), no Cemitério Municipal Senhor do Bonfim.

O corpo de Fernando é velado na capela do bairro Sylvio Pereira II e o sepultamento tem o horário previsto para às 8h, mas a confirmação do enterro será com a chegada da esposa e dos filhos do motorista que moram no estado de Tocantins.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Maria Aparecida 27 de Fevereiro, 2020 | 23:54
Perdemos um ente querido "Fernando". Tbm acho mta falta de amor com um ser humano. O enterro foi todo homenageado através se parentes, amigos caminhoneiros cortejando até o local do sepultamento.
Wanessa 27 de Fevereiro, 2020 | 15:49
Eu acho uma tremenda falta de respeito com o motorista, os esfomeados querem nem saber se o motorista está bem ou não, o que eles querem é encher seus carros das cargas que estão espalhadas nas rodovias e irem embora. Deixo aqui, meus sentimentos à famílias desse trabalhador que morreu em busca do pão de cada dia da familia, e que a profissão não é valorizado. Que Deus possa confortar o coração de tds vcs familiares.
Bolsonaro 27 de Fevereiro, 2020 | 09:01
QUE JESUS LHE DÊ UM BOM LUGAR PARA SEU DESCANSO NO CÉU.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO