Arma falha e vítima escapa da morte no Canaãzinho

Suspeito do crime foi detido pela Polícia Militar no começo da manhã dessa segunda-feira


Hudson foi socorrido com vida depois de correr e se abrigar em um bar

Um homem de 38 anos tentou matar a tiros um jovem de 22 anos. O crime somente não foi consumado porque a arma falhou em diversas tentativas de disparo. Apenas um tiro saiu e atingiu o abdome do alvo, que sobreviveu.

O Diário do Aço apurou que o crime foi praticado por volta de 22h de domingo (23), na rua Efésios, esquina com a avenida Galileia, entre os bairros Canaã e Canaãzinho, em Ipatinga.

Hudson Diego de Paula Dias, de 22 anos foi socorrido com uma perfuração no abdome. Ele relatou para a Polícia Militar que se encontrava na praça localizada no cruzamento da Galileia com a rua Efésios, quando foi surpreendido por Fernando Roberto Ferreira de Souza, o Nego Fé, de 38 anos.

Alega a vítima que Fernando efetuou diversas tentativas de disparos com uma arma de fogo, mas os tiros falharam e houve apenas um disparo que o atingiu na barriga.

Hudson, mesmo ferido saiu correndo e buscou abrigo dentro de um bar nas proximidades. O autor da tentativa de homicídio fugiu. Na cena do crime a perícia da Polícia Civil recolheu um estojo de munição calibre 9mm.

Levado por uma equipe do SAMU para o Hospital Márcio Cunha, Hudson foi encaminhado para o bloco cirúrgico e permaneceu em observação médica.

A motivação para o crime ainda é apurada. O acusado do crime é um indivíduo com diversas passagens pela polícia, por delitos variados.

Preso pela PM

Nas buscas realizadas pela Polícia Militar logo depois do registro da tentativa de homicídio, na manhã dessa segunda-feira (24), policiais foram à residência do suspeito, que foi localizado e detido. Após ser submetido a exames médicos na UPA, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO