Preso o suspeito de agressão a mulher na avenida Maanaim

Polícia suspeita que homem cometeu crimes da mesma natureza contra outras mulheres na região e procura por mais vítimas


A Delegacia de Investigação de Homicídios, efetuou a prisão de Luciano Ferreira Luiz, de 33 anos, apontado como suspeito de ter tentado matar de forma brutal Alba Rosa de Lucena, de 31 anos, na madrugada de 9 de fevereiro, na avenida Maanaim, bairro Jardim Panorama, após o ajuste de um encontro amoroso.

Por força de um mandado de prisão preventiva, expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Ipatinga, após representação da Polícia Civil e parecer favorável da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Ipatinga, Luciano foi preso.

Conforme noticiado pelo Diário do Aço, a vítima foi encontrada nas primeiras horas de um domingo (9), nua e agonizando em um bueiro à margem da ciclovia na lateral da avenida Maanaim.

A mulher estava completamente nua e gravemente ferida, inclusive com traumatismo craniano, perfuração no pulmão, fraturas na costela e ferimentos extensos na face e couro cabeludo. Levada em uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros Militar, a mulher sobreviveu.

A apuração da Polícia Civil aponta que Luciano teria agredido Alba com tapas, socos, chutes, pauladas e pedradas.
A polícia apura, também, a prática de crime sexual pelo investigado contra a mulher e outras vítimas.

Durante as investigações a Polícia Civil recebeu uma denúncia anônima apontando que o autor do crime seria Luciano Ferreira Luiz. Os levantamentos foram iniciados e as investigações caminharam no sentido de identificar o suspeito do crime.
Divulgação PCMG


Mulheres que eventualmente tenham sido vítimas de Lu devem procurar a polícia

Os investigadores também apuraram que Luciano apresenta em sua Folha de Antecedentes Criminais passagens pela polícia como suspeito de dois roubos, direção perigosa de veículo e lesão corporal qualificada. No total, ele tem 25 passagens pela polícia, entre abordagens e conduções.

Uma das razões que levaram a Polícia Civil a representar pela prisão de Luciano foi a informação de que ele pretendia fugir para outro estado.

Quanto a divulgação das fotos do suspeito, a Polícia Civil esclarece por meio de nota que “apresenta o preso à imprensa, tendo em vista o seu perfil violento e a possibilidade de Luciano ter agredido e violentado sexualmente outras vítimas, garantindo-se assim a apuração de crimes semelhantes que por ventura não tenham sido registrados, uma vez que nestes casos a cifra oculta é muito comum”, enfatiza.

“A Polícia Civil ressalta a importância da participação da sociedade com informações sobre práticas criminosas e respectivos autores. Por fim solicita-se que eventuais vítimas de Luciano Ferreira Luiz, o Lu, procurem a Delegacia de Polícia para que sejam tomadas as devidas providências”, conclui a nota.

Já publicado:
Vítima de agressão na avenida Maanaim permanece hospitalizada





Preso o suspeito de agressão a mulher na avenida Maanaim
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Lucia Paiva 22 de Fevereiro, 2020 | 23:40
Com o nome divulgado é possível ver o perfil dele nas redes sociais. Vamos divulgar, quem sabe assim ele fique mais famoso e suas vítimas resolvam denunciar pra deixar esse traste mais tempo na cadeia. Ajudem a polícia e encontrar outras vítimas e ajudar a polícia e a justiça a deixar esse monstro, mais tempo atrás das grades. Agradeço a todos que ajudarem
Flor de Maio 22 de Fevereiro, 2020 | 19:04
Vai subestimando as mulheres bandidinhos. Uma hora vai ficar surpreso. Isso é, se der tempo de se sentir surpreso.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO