Itens da agricultura familiar representam 34% da merenda escolar em Belo Oriente

Com este plano em desenvolvimento, no ano de 2019, o município ultrapassou a meta traçada pelo PNAE de 30% e alcançou os 34,7% de alimentos da merenda escolar oriundos da agricultura familiar

Divulgação


O marco atende a uma das metas do Plano Nacional de Alimentação Escolar

Com o objetivo de melhorar a qualidade dos alimentos oferecidos para os alunos da rede municipal de ensino na merenda escolar e cumprir as metas do Plano Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), as Secretarias de Educação, Cultura, Esporte e Lazer e de Agricultura de Belo Oriente têm introduzido cada vez mais alimentos advindos da agricultura familiar nos cardápios das escolas, informa o governo municipal.

Com este plano em desenvolvimento, no ano de 2019, o município ultrapassou a meta traçada pelo PNAE de 30% e alcançou os 34,7% de alimentos da merenda escolar oriundos da agricultura familiar. Em 2018, Belo Oriente alcançou os 30% exigidos pela lei. As compras dos alimentos para a merenda foram realizadas por meio de edital de Chamamento Público.

De acordo com a secretária de Educação, Elzimar Santos Oliveira, o cumprimento da meta mostra que o município está no caminho certo. “Atender às exigências do Programa Nacional de Alimentação Escolar é garantir que a cidade cumpra o que é estabelecido para a educação básica e dar aos nossos alunos uma alimentação de qualidade e livre de agrotóxicos”, afirma.

O secretário de Agricultura, Nardely Ramos, acrescentou que, neste ano, o município tem trabalhado no apoio necessário para que os produtores possam atender à lista de produtos solicitados pela Educação. “Temos capacitados nossos produtores para que eles possam produzir todos os alimentos que são exigidos para a agricultura familiar e junto com a Secretaria de Educação queremos incluir novos produtos, para que nossos alunos possam ter uma alimentação mais variada e cada vez mais saudável”, destaca.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO