Vítimas da chuva no Vale do Aço recebem doações

Já no final da tarde desta segunda-feira (17), as últimas doações foram recebidas pela Prefeitura de Ipatinga

Emmanuel Franco


Sindcomércio fez a entrega de 300 colchões, 300 cestas básicas e 4.400 itens de higiene pessoal a quatro prefeituras da região

Colchões, cestas básicas e itens de higiene pessoal foram repassados pelo Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço a quatro prefeituras da região. A entidade patronal, que viabilizou os donativos junto ao Serviço Social do Comércio (Sesc) de Minas Gerais, iniciou as entregas que ajudarão as vítimas da chuva nos municípios na última quinta-feira (13). Já no final da tarde desta segunda-feira (17), as últimas doações foram recebidas pela Prefeitura de Ipatinga.

“Assim que as fortes chuvas começaram a cair sobre a nossa região, deixando centenas de pessoas em situação de vulnerabilidade, enviamos ofício ao Sesc solicitando os donativos”, explica José Maria Facundes, presidente do Sindcomércio.

No total, foram repassados às quatro prefeituras da região (Ipatinga, Coronel Fabriciano, Santana do Paraíso e Timóteo) 300 colchões, 300 cestas básicas e 4.400 itens de higiene pessoal. “Antes de entrar em contato com o Sesc, solicitamos às defesas civis da região que nos informassem quais tipos de produtos estavam mais precisando. Colchões, cestas básicas e produtos de higiene pessoal encabeçavam a lista. A tendência é que as prefeituras façam kits pra repassar às famílias”, revela Facundes.

Cronograma
Na quinta-feira (13), o Sindcomércio entregou as 300 cestas básicas às prefeituras de Ipatinga, Santana do Paraíso e Timóteo. Cada município recebeu 100 unidades. Na sexta-feira (14), foi a vez das prefeituras receberem os 300 colchões: Ipatinga (100), Santana do Paraíso (50), Coronel Fabriciano (50) e Timóteo (100). Já no fim da tarde de segunda-feira (17), os 4.400 itens de higiene pessoal (creme dental, sabonete, absorvente íntimo, lenço umedecido e fralda) foram entregues em Timóteo, Coronel Fabriciano e Ipatinga. Os colchões e cestas básicas foram comprados em empresas do Vale do Aço.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO