Pela 1ª vez, China tem menos de 2 mil casos de coronavírus em um dia

Mais 98 pessoas morreram, a maioria na província de Hubei

Divulgação


O número de novas infecções registradas em um único dia permaneceu abaixo de 2 mil pela primeira vez desde 30 de janeiro
NHK-Emissora pública de televisão do Japão
Autoridades sanitárias da China informaram que mais 98 pessoas, a maioria na província de Hubei, morreram por causa do novo coronavírus, nesta segunda-feira (17), fazendo com que o total de mortes no país chegasse a 1.868.

Segundo funcionários da Comissão Nacional de Saúde, havia 1.886 novas infecções e o número de casos em território chinês subiu para 72.436.

O número de novas infecções registradas em um único dia permaneceu abaixo de 2 mil pela primeira vez desde 30 de janeiro.

Alta médica
As autoridades informaram ainda que mais 1.701 pessoas receberam alta de hospitais ontem, fazendo com que o total atingisse 12.552. Elas disseram que mais de mil pessoas haviam recebido alta pelo sexto dia consecutivo e que o tratamento está surtindo efeito.

A imprensa chinesa mencionou uma declaração de Zhong Nanshan, chefe de uma equipe de especialistas formada por autoridades sanitárias do país encarregada de conter o surto. Ele teria dito que ainda não está claro se o surto atingiu o ápice.

De acordo com relatos da imprensa, na segunda-feira, Zhong disse a uma equipe médica durante uma videoconferência que o surto deve atingir o ápice até o final deste mês.

Zhong Nanshan também teria dito que transmissões entre pessoas em Wuhan ainda não acabaram.

Veja também:
Anvisa descarta suspeita de coronavírus em navio no Porto de Santos
Cai número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil
Brasileiros em quarentena seguem sem sintomas do coronavírus
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO