Lojista vítima de acidente é sepultado em Ipatinga

Sérgio Barcelar foi vítima de um acidente com a motocicleta que conduzia na quarta-feira em Resplendor, no Vale do Rio Doce

Reprodução


Sérgio Antônio Barcelar trafegava do ES para Ipatinga, quando perdeu o controle da motocicleta que conduzia; o filho dele sobreviveu ao acidente

O corpo do lojista ipatinguense Sérgio Antônio Barcelar Vieira, de 40 anos foi sepultado na manhã dessa sexta-feira (14), no Cemitério Parque Senhora da Paz, no bairro Veneza II.

Sérgio Antônio Barcelar Vieira, que era proprietário da Sorveteria Gran Gelato, localizada na avenida Carlos Chagas, bairro Cidade Nobre, em Ipatinga, foi vítima de um acidente no começo da tarde de quarta-feira, no Km 29 da BR-259, entre Resplendor e Itueta, no Vale do Rio Doce, conforme noticiado ontem pelo Diário do Aço.

Ele e o filho, de dez anos, retornavam para Ipatinga, vindos de Colatina (ES). O lojista morreu na hora. Já, o filho, foi socorrido com vida, por uma equipe do Corpo de Bombeiros, e levado para o pronto-socorro de Resplendor.

Pai e filho trafegavam em uma moto Harley Davidson XL883N, com placa de Colatina (ES), no sentido a Ipatinga, quando por volta de 13h o condutor perdeu o controle da moto em uma curva e atingiu a lateral de um caminhão pipa.

O que se sabe do acidente é a partir do relato do condutor de um caminhão Pipa, Ford Cargo, Luiz André Sezino Laurindo, de 48 anos.

Ele informou à Polícia Militar Rodoviária que trafegava pela rodovia sentido a Colatina, quando percebeu que um motociclista, em direção contrária, não olhava para frente, mas para baixo, e ajeitava a calça próximo ao tornozelo. Em uma curva, invadiu a contramão e colidiu lateralmente no caminhão.

O caminhoneiro disse que percebeu a situação e chegou a desviar-se para o acostamento, mas isso não foi suficiente para que a motocicleta não batesse. O socorro foi acionado, mas ao chegar ao local encontrou o condutor morto e o filho, ferido, foi socorrido e levado para o pronto socorro.

O local do acidente foi periciado e o corpo de Sérgio Antônio Barcelar Vieira removido ao Instituto Médico-Legal em Governador Valadares.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Messi José 13 de Fevereiro, 2020 | 13:36
Conheci o Serginho desde a idade de 12 anos. Meu vizinho desde sua tenra infância, onde seu pai tinha o primeiro Supermercado Vieira na rua Fortaleza no bairro Veneza, morávamos um ao lado do outro. Brincava de bicicleta mais o pai dele na rua, menino esperto, criança muito amada pelos pais. Teve uma educação impar. Ano passado tive o privilégio de ir a Sorveteria Gran Gelatto e conversar um bom tempo com ele. Lamentável sua partida tão cedo. Que os braços do pai o receba. Que Deus possa confortar o coração do(s) filho(s), esposa, seus pais, irmãos e todos seus parentes e amigos. Vai com Deus meu amigo! Saudades eterna!
Filipi Toré 13 de Fevereiro, 2020 | 12:52
Que Deus possa consolar a Família!! Ira fazer muita falta esse grande Amigo. Descanse em paz Serginho.
Fabricio 13 de Fevereiro, 2020 | 08:26
Vá em paz amigo, que Deus o receba de braços abertos. #Luto

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO