Cruzeiro vai a Roraima enfrentar o São Raimundo

Maior campeão da Copa do Brasil, Raposa terá que passar pelas fases iniciais do torneio

Bruno Haddad


Até mesmo um empate nesta noite garante a Raposa na próxima fase da Copa do Brasil

Maior campeão da Copa do Brasil, com seis títulos, o Cruzeiro inicia nessa quinta-feira, às 21h30, mais uma jornada no torneio. E o início será bem longe de casa, em Boa Vista, Roraima, onde encara o São Raimundo pela primeira fase da competição. A Raposa avança para a etapa seguinte mesmo com um empate.

Habituado a iniciar a competição já na fase de grupos, regalia oferecida às equipes que disputam a Copa Libertadores, o Cruzeiro deve agora percorrer um caminho mais longo para chegar ao título. E a maratona da Copa do Brasil pode ser muito desgastante, tanto pelo maior número de jogos quanto pela distância dos adversários.

A primeira fase do mata-mata é disputada em jogo único na casa do time com pior desempenho no ranking da CBF; a vantagem do empate fica com o visitante. Na segunda etapa, novo jogo único, mas desta vez o mando é definido por sorteio. Na terceira e quarta fases o mata-mata tem jogos de ida e volta. Se passar por todos esses obstáculos, o Cruzeiro terá feito seis partidas para chegar às oitavas de final, fase em que os times que disputam a Libertadores entram na Copa do Brasil.

Campeão da competição com a camisa celeste em 2017 e 2018, o lateral Edílson acredita que essa maratona servirá para o time se fortalecer. “A gente começa a competição com os pés no chão, sabendo que são várias etapas. São quatro etapas até chegar às oitavas. Nisso, a gente pode ir ganhando corpo, ganhando experiência durante a competição. A gente pode errar, mas são jogos que temos que passar. Que a gente possa ir criando corpo jogo a jogo. É difícil dizer onde a gente vai chegar, mas acredito que nosso grupo tem muito a crescer”, disse.

Desfalques

Para o duelo em Roraima, o técnico Adílson Batista não poderá contar com o volante Jadsom, que apresentou quadro de indisposição; o meia Everton Felipe, que está com fadiga muscular; e o volante Filipe Machado, que teve constatado edema na coxa direita em exame de imagem.

Os candidatos às vagas de Machado e Jadsom são Edu (zagueiro de origem), Adriano e Pedro Bicalho. Já a lacuna pela ausência de Everton Felipe será preenchida provavelmente por Marco Antônio.

Com essas prováveis mudanças de peças, o Cruzeiro deve entrar em campo com Fábio; Edilson, Cacá, Leo e João Lucas; Edu (Pedro Bicalho) e Adriano; Maurício, Marco Antônio e Jhonata Robert; Roberson.
Se o Cruzeiro garantir a classificação, o adversário da próxima fase será o Boa Esporte.

Recepção no Norte

Embora a rotina de viagens seja desgastante para o Cruzeiro, o fato de jogar em estádios distantes de Belo Horizonte é uma chance de outras regiões do país poderem ver de perto o maior copeiro do Brasil. Em entrevista publicada pelo site Superesportes, o presidente do São Raimundo, Sérgio Carvalho, falou como a capital de Roraima está ansiosa para a partida.

“A expectativa aqui é muito grande. O torcedor está eufórico, aguardando esse jogo com grande ansiedade. Com a reinauguração do Estádio Canarinho, a torcida vem contando os dias para (o jogo) acontecer. Inclusive, os ingressos estão esgotados. Foram colocados 4 mil ingressos de meia-entrada e 453 de inteira. Esgotaram todos. Todo mundo está na expectativa”, contou Sérgio.

Os bilhetes de meia-entrada foram negociados por R$ 40, enquanto os de inteira custaram R$ 80. A renda bruta, portanto, será de R$ 194.800,00, suficiente para pagar dois meses da folha salarial do São Raimundo, estimada em R$ 90 mil. (Com informações do Superesportes)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO