Seleção brasileira de futebol está garantida nas Olimpíadas de Tóquio

O Brasil termina a campanha do Torneio Pré-Olímpico invicto

Lucas Figueiredo/CBF


Seleção brasileira venceu Argentina por 3 a 0 e garantiu vaga nos Jogos Olímpicos

A seleção brasileira está garantida na disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Neste domingo (9), a equipe comandada por André Jardine venceu o clássico com a Argentina por 3 a 0, pela última rodada do Torneio Pré-Olímpico, na Colômbia, e confirmou vaga na competição que será disputada em julho deste ano. Paulinho e Matheus Cunha (duas vezes) marcaram os gols do triunfo.

O Brasil termina a campanha do Torneio Pré-Olímpico invicto. Na fase de grupos, quatro vitórias: diante de Peru, Uruguai, Bolívia e Paraguai. No quadrangular final, empates com Colômbia e Uruguai, e a vitória desta noite diante dos argentinos. Com cinco pontos, a Canarinho ficou no segundo lugar.

Brasil e Argentina são os representantes da Conmebol no futebol masculino das Olimpíadas. Além dos sul-americanos, outras 12 seleções já estão classificadas: Japão (anfitrião), França, Alemanha, Espanha, Romênia (representando a Europa), Nova Zelândia (da Oceania), Egito, Costa do Marfim e África do Sul (representando a África), Arábia Saudita, Coreia do Sul e Austrália (representando a Ásia). Faltam apenas duas vagas para completar os 16 países participantes, que serão conhecidos após o Pré-Olímpico da Concacaf, no fim de março.

O Brasil jogou com: Ivan, Guga, Ricardo Graça, Bruno Fuchs e Caio Henrique; Matheus Henrique, Bruno Guimarães e Pedrinho (Bruno Tabata); Reinier (Pepê), Matheus Cunha (Maycon) e Paulinho. Técnico: André Jardine.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO