Preso acusado de homicídio em 2019 em Ipatinga

Investigado por assassinar jovem de 18 anos motivado por uma cobrança de dívida tinha 39 passagens pela polícia

Álbum pessoal


Pedro Henrique tinha 19 anos, quando foi assassinado em 17 de abril de 2019
Atualizado às 10h20
A Polícia Civil de Ipatinga cumpriu, no fim de semana, um mandado de prisão expedido contra Filipe Ribeiro Dias, de 20 anos. A ordem de prisão preventiva foi expedida pelo Juízo da Primeira Vara Criminal de Ipatinga, na sexta-feira (7).

Conforme a investigação, Felipe Dias matou a facadas, Pedro Henrique Gomes da Silva, no dia 17 de abril de 2019, por causa de uma dívida de R$ 50, que possuía com a vítima e não “gostou de ser cobrado”. Essa dívida, conforme apurado à época, era relativa a parte da venda de um telefone celular.

A vítima ligou para o comprador e cobrou a dívida. Os dois jovens marcaram um encontro no lavajato, onde trabalhava o devedor. Ao chegar Felipe Dias informou que não tinha o dinheiro e que iria pagar na semana seguinte. Os dois se desentenderam e a cobrança terminou em morte.

Logo depois do crime, em 2019, Felipe Dias foi preso em sua cidade natal, Caratinga, para onde fugiu depois do homicídio no bairro Jardim Panorama, mas atualmente respondia o processo em liberdade.

Nos autos do inquérito policial elaborado pela Delegacia de Homicídios de Ipatinga ficou comprovado que o homicídio em questão foi praticado de forma qualificada pelo motivo fútil e pela supressão de qualquer chance de defesa da vítima.

“Em consulta ao sistema informatizado de segurança pública foi constatado que F.R.D apresenta 39 registros entre prisões e abordagens, sendo considerando um indivíduo de alta periculosidade e dado a prática criminosa de maneira extremamente habitual”, informa a PCMG.

Conforme o delegado Eduardo Vinícius, que comandou o cumprimento do mandado de prisão, Felipe Dias tentou fugir ao ser abordado pelos policiais, na tarde dessa sexta-feira. Ele foi levado para a Delegacia da PC, teve formalizado o cumprimento de seu mandado de prisão, submetido a exame de corpo de delito e encaminhado para a Penitenciária Dênio Moreira de Carvalho, em Ipaba.

Já publicado:
Jovem morre esfaqueado ao cobrar R$ 50, em Ipatinga
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Marco 09 de fevereiro, 2020 | 02:47
Se tivesse pena de morte a sociedade já tava livre desse marginal. Seu voto só vale pra deixar político rico e marginal solto.
Luiz 08 de fevereiro, 2020 | 19:12
Divida 50 reais aí começam discutir perdem controle cara que matou pelo histórico já e ruim uma pena vida que se foi precoce Brutalmente assassinado mãe sofre
Oliveira 08 de fevereiro, 2020 | 09:20
Como assim? Ele foi preso em flagrante e estava solto? Soltaram para prenderem novamente o réu confesso? É para gastar o dinheiro público ou será o caso da prisão em srgunda estância?
Justiça 08 de fevereiro, 2020 | 07:58
Otmo trabalho da PC, Ipatinga.
Covarde, pilantra merece morrer!
Cidadão 07 de fevereiro, 2020 | 20:18
E como o Brasil é o país do absurdo, do ilógico, do insano, de tudo aquilo que é profano e diabólico, esse marginal estará solto em poucos anos. Na melhor das hipóteses. E viva isso aqui.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO