Galo estreia na Sul-Americana com Michael de titular

As novidades da lista são o meia Nathan e o lateral-esquerdo Guilherme Arana

Bruno Cantini


Permanência do goleiro na meta é decisão técnica de Dudamel, e não mais pelas condições de Victor

O Atlético fechou a temporada 2019 com Cleiton como titular da meta, substituindo o então lesionado Victor. No início de 2020, com a venda de Cleiton para o Bragantino, o novo técnico alvinegro, Rafael Dudamel, deu a titularidade a Michael em detrimento de Victor, que já está fisicamente apto a jogar. Michael, que já vem atuando no Campeonato Mineiro, agora está garantido para a estreia do Galo na Copa Sul-Americana, às 21h30 desta quinta-feira, contra o Santa Fé, na Argentina.

Essa temporada teve início com Victor realizando trabalhos físicos específicos na academia, longe do elenco em campo. Com isso, o Galo iniciou o Estadual com Michael. Mas mesmo com o passar do tempo e a evolução do ídolo atleticano, Dudamel optou por manter o jovem Michael como titular, opção que foi confirmada pela assessoria de imprensa atleticana.

Embora o Atlético negue uma negociação com o ex-Cruzeiro Rafael, informações de bastidores dão conta de que o time ainda busca um novo goleiro. O último sondado pela diretoria foi César, reserva de Diego Alves no Flamengo.

Relacionados
Para o jogo desta quinta-feira, Michael e Victor são os únicos relacionados para a meta. Os outros jogadores à disposição de Dudamel são: Maílton, Patric, Fábio Santos, Guilherme Arana e Lucas Hernández; Gabriel, Réver e Igor Rabello; Zé Welison, Jair, Allan, Ramón Martínez e Adriano; Hyoran, Nathan, Bruninho, Dylan Borrero e Marquinhos; Di Santo, Ricardo Oliveira, Edinho.

A lista tem a ausência de Cazares, que, embora tenha sido reintegrado ao elenco após a negociação com o Al Ain, dos Emirados Árabes, ter fracassado, não foi relacionado para a partida de estreia na Sul-Americana. A justificativa para a ausência do meia é sua condição física, já que ele treinou à parte enquanto a negociação com o clube árabe ocorria. A necessidade de realizar um procedimento oftalmológico também atrapalhou a evolução do atleta nos treinamentos.

As novidades da lista são o meia Nathan e o lateral-esquerdo Guilherme Arana. Nathan volta a ser opção depois de garantir sua permanência no clube até o meio do ano. Já Arana terá a primeira oportunidade na equipe.

O time provável para enfrentar o Santa Fé é: Michael; Maílton, Réver, Gabriel e Fábio Santos (Arana); Zé Welison, Jair e Allan; Hyoran, Marquinhos (Edinho) e Di Santo.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO