Motorista que atropelou 17 pessoas está internado com escolta policial

Crime ocorreu no interior de São Paulo depois de briga em bar

O motorista que atropelou 17 pessoas – matando dois homens – em um bar no centro de Nova Independência, interior paulista, na noite de ontem (26) está internado com escolta policial.

De acordo com a Polícia Militar, o mecânico Paulo Alves da Silva, de 48 anos, estava no bar com a esposa, quando os dois começaram a discutir. Homens que estavam no local defenderam a mulher e Silva teria discutido com eles.

Ele saiu do bar e voltou depois com a caminhonete em alta velocidade indo em direção às pessoas que estavam do lado de fora do bar. Populares que estavam no local agrediram o motorista e tentaram linchá-lo. Os feridos foram socorridos e encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Santa Casa de Andradina.

Dois homens, um de 56 anos e outros de 26, morreram. Os feridos estão sendo liberados aos poucos do hospital.

Silva foi preso em flagrante por homicídio doloso, embriaguez ao volante e posse ilegal de munição, que foi encontrada dentro do veículo. Ele também foi levado para o hospital onde está internado, com escolta policial, sem previsão de alta. (Flávia Albuquerque - Repórter da Agência Brasil)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO