Mãe, você vai vencer!

Layane Óliver *


Lembra daquele medo que tinha do parto? Normal, cesárea, natural... Independentemente do seu tipo de parto. Você venceu. Lembra do medo de amamentar? Dor, bico dos seios machucados, pega correta, quantidade de leite... Você venceu!

Não conseguiu amamentar? Então teve que ouvir dezenas de vezes que o “leite materno é essencial para o desenvolvimento do seu filho”, além de ter que lidar com a culpa por não conseguir ou poder amamentar. Você também venceu isso! .

Lembra das noites em claro porque o seu filho queria mamar, ou estava com cólica ou simplesmente queria um aconchego? Você venceu!

Também teve aqueles dias que você não conseguiu fazer nada! Não se arrumou, não arrumou a casa, não almoçou, não tomou banho, mas o seu filho estava de barriguinha cheia e com banhozinho tomado e nada é mais gratificante para gente que isso. Você venceu!

Você venceu as noites em claro porque seu pequeno estava passando mal (pra mim são as piores noites, me sinto impotente). Venceu a introdução alimentar, os choros por causa do dolorido nascimento dos dentes. Venceu a volta ao trabalho (como dói!), o primeiro dia na creche, o desfralde e os milhares de palpites que você não pediu.

E apesar de a gente ter vencido tudo isso, ainda temos medo e incerteza do que vem pela frente. Mãe, não importa em qual fase você está com o seu filho neste momento, você vai vencer! E vai vencer todas as outras que vier. Sabe por quê? Porque desconheço uma força maior que a força de uma mãe. Nossa força é alimentada por amor. Amor aos nossos filhos, a nossa casa, a nossa família. Você é uma vencedora.

* Jornalista, mãe. Acompanhe no insta instagram.com/layanejornalista
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Gildázio Garcia Vitor 24 de janeiro, 2020 | 17:15
Infelizmente, neste país de tanta desigualdade social e de misérias, milhares de mães têm que vencer - além do que você muito bem citou - a fome, as enfermidades, o cansaço, o descaso das autoridades, a falta de respeito das patroas etc.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO