Jovem é presa quando transportava dez quilos de maconha

Detida, jovem disse que pegou carregamento na rodoviária de Timóteo e entregaria droga em Ponte Nova, por R$ 500

Divulgação Polícia Militar


As barras de maconha estavam dentro de uma mochila
Atualizado às 16h43
Uma jovem de 19 anos foi presa no início da madrugada desta sexta-feira (24) ao ser flagrada com cerca de dez quilos de maconha. R.D.M.C. foi abordada por policiais militares assim que desembarcou de um táxi em Ponte Nova, na Zona da Mata mineira, carregando uma bolsa com entorpecente, que segundo a presa havia sido apanhada em Timóteo.

A equipe da Polícia Militar do Tático Móvel fazia patrulhamento de rotina na rua São Paulo, no bairro Dalvo de Oliveira, em Ponte Nova, quando os policiais observaram uma jovem desembarcar de um táxi. Ela demonstrou sinais de nervosismo ao notar a presença da equipe da PM. A mulher ficou olhando para os lados e tentou sair do local. Com isso houve a decisão da abordagem.

Ao verificar o que havia na mochila que a jovem transportava, policiais encontraram 16 barras inteiras e duas barras partidas de maconha, totalizando cerca de dez quilos do entorpecente.

Com o flagrante, a presa alegou que pegou a encomenda na rodoviária de Timóteo e iria fazer a entrega da droga para uma pessoa desconhecida em Ponte Nova, na Zona da Mata.

Enquanto os PMs registravam a ocorrência, o telefone celular da jovem recebia constantemente ligações por meio do aplicativo do WhatsApp. R.A., que é natural de Coronel Fabriciano, disse saber que transportava maconha e que receberia R$ 500 pela empreitada. Ela foi encaminhada para a delegacia de Ponte Nova e foi atuada por envolvimento com o tráfico de entorpecentes.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO