Licitação da saúde é aperfeiçoada com plataforma digital

As empresas que já fornecem para o município receberão um comunicado a respeito da mudança

Divulgação


Houve uma reunião na Prefeitura de Ipatinga para cadastramento dos servidores que utilizarão a plataforma digital

A partir de fevereiro, as licitações da Secretaria de Saúde, em Ipatinga, serão feitas por meio eletrônico. O procedimento atende exigências do Decreto Federal nº 10.024, de 20 de setembro de 2019, que regulamenta a licitação, na modalidade de pregão eletrônico, para a aquisição de bens e a contratação de serviços comuns. Nesta quarta-feira (22), houve uma reunião na prefeitura para cadastramento dos servidores que utilizarão a plataforma digital, informou o governo.

O município atende ao que está previsto em instrução normativa sobre os prazos definidos para que entidades da administração pública passem a utilizar a modalidade de contratação ao acertarem serviços com recursos da União.
A partir de 3 de fevereiro de 2020, todos os municípios com população acima de 50 mil habitantes devem estar adequados à nova norma. As empresas que já fornecem para o município receberão um comunicado a respeito da mudança.

“O pregão eletrônico é uma modalidade licitatória mais célere, realizada em plataforma web, e certamente trará ao município de Ipatinga economia e praticidade. Além disso, estamos nos adequando ao Decreto Federal 10.024 para utilização de recursos transferidos”, explicou Érica Dias, secretária de Saúde.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO