Cruzeiro libera Thiago Neves para negociar com outro clube

Apesar da liberação da Raposa, concedida na terça-feira, o restante da ação na Justiça permanece

Vinnicius Silva


Apesar da liberação, jogador ainda pede na Justiça valores devidos pelo Cruzeiro

O meia Thiago Neves e o Cruzeiro chegaram a um acordo parcial na segunda audiência de conciliação na 4° Vara do Trabalho de Minas Gerais, agora o atleta está liberado para jogar em outro clube. O jogador entrou na Justiça contra o Cruzeiro em dezembro do ano passado, pedindo R$ 16 milhões por atrasos de salários e outros direitos, além de um pedido de rescisão indireta.

Apesar da liberação da Raposa, concedida na terça-feira, o restante da ação na Justiça permanece. “Continua a ação na Justiça. A audiência de hoje foi boa. Cruzeiro me entendeu, eu entendi o Cruzeiro também. Acho que o (acordo) importante está chegando aí. Abriram mão os dois lados. Estou livre para assinar com outro clube e seguir minha vida. Óbvio que vou continuar torcendo pelo Cruzeiro, mas tinha que pegar minha liberação para seguir meu rumo”, disse Thiago Neves.

Além dos R$ 16 milhões em débitos, o Cruzeiro ainda tem de pagar mais R$ 1,2 milhão em fevereiro, por Thiago Neves ter feito 42 jogos no ano passado, como previa uma cláusula do seu contrato.

O atleta chegou ao clube celeste em 2017 e foi bicampeão da Copa do Brasil (2017 e 2018) e bicampeão Mineiro (2018 e 2019). Antes ídolo da torcida, Thiago Neves foi um dos atletas mais criticados durante a campanha do Cruzeiro em 2019, quando o clube foi rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro.

Futuro

O Grêmio pode ser o destino de Thiago Neves. O clube gaúcho, que já havia tentado contratar o meia em janeiro passado, voltou a conversar com o atleta nesta semana. O gerente executivo de futebol gremista, Klauss Câmara, se reuniu com ele nesta semana. Klauss também foi o responsável por fazer o acerto do atleta com o Cruzeiro, em 2017. Outro indício da ida de Thiago ao Grêmio é o elogio feito pelo técnico Renato Gaúcho ao jogador, na terça-feira.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO