Corpo de motorista é resgatado no rio Piracicaba em Antônio Dias

Buscas tinham sido suspensas depois de 12 dias de trabalho na correnteza da cheia do rio Piracicaba

Alex Ferreira + Álbum pessoal


Fernando Monteiro tinha 44 anos e era de São Domingos do Prata

O corpo de Fernando Monteiro Martins, de 44 anos, foi resgatado das águas do rio Piracicaba na barragem da usina hidrelétrica de Guilman Amorim, em Antônio Dias.

Trabalhadores da empresa atuavam na fiscalização do local, nessa terça-feira (21), quando viram o corpo e acionaram os Bombeiros e a Polícia Militar.

Morador de São Domingos do Prata, Fernando Monteiro era procurado desde o dia 4 de janeiro, quando foi visto pulando de uma pinguela no bairro Sagrada Família, em Nova Era.

Durante 12 dias de buscas as equipes do Corpo Bombeiros de Itabira e Ipatinga, com familiares, vasculharam todo o perímetro do rio, a partir da pinguela até a barragem da hidrelétrica.

A cheia do rio, em função da chuva na cabeceira, dificultava os trabalhos. Por isso, as buscas foram dadas como encerradas no dia 16, quinta-feira passada.

Já nessa terça-feira o corpo foi encontrado em um remanso no meio de resíduos flutuantes, como isopor e garrafas de plástico, nas imediações da barragem.

Bombeiros militares retiraram o corpo do local e o cadáver foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal em João Monlevade, foi necropsiado, submetido a reconhecimento pela família e liberado para sepultamento. Natural de São Domingos do Prata, Fernando era motorista e irmão da cantora Silvana, do conjunto Máquina do Tempo.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO