Fred não aceita redução salarial e deve deixar o Cruzeiro

Segundo o presidente do Núcleo Dirigente Transitório do clube, Saulo Fróes, Fred não aceitou a proposta e deve deixar o time

Bruno Haddad


Futuro do atacante será definido na próxima segunda-feira, quando ele se reunirá com representantes do clube

O atacante Fred pode ser o próximo jogador a sair do Cruzeiro. Em meio à pior crise da história do clube, a diretoria propôs redução salarial ao elenco como condição para que os atletas fiquem. Segundo o presidente do Núcleo Dirigente Transitório do clube, Saulo Fróes, Fred não aceitou a proposta e deve deixar o time.

“Infelizmente, o Fred está irredutível. Avaliação técnica nossa é que ele não vai permanecer. Não houve interesse dele em redução. Ao que parece, por enquanto não apareceu nenhum clube. Não sei como vai ficar a situação dele, vamos resolver”, disse Fróes.

Apesar da fala de Fróes, o diretor de futebol do clube, Ocimar Bolicenho, disse que a decisão sobre o futuro do atacante deve ser definida na segunda-feira, quando haverá nova reunião entre as partes.

Rodriguinho
Quem também ainda não definiu o futuro no clube é o meia Rodriguinho. O atleta participa da pré-temporada do time e vai disputar a partida de estreia do Cruzeiro no Campeonato Mineiro, na quarta-feira, às 21h30, no Mineirão. A ideia é que ele cumpra o contrato normalmente, até que se chegue a uma definição sobre seu futuro. Segundo Bolicenho, o prazo máximo para essa decisão ser tomada é a quarta-feira seguinte à estreia, dia 29.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Leoncio Simoes 18 de janeiro, 2020 | 20:28
Mercenario
Bolsonaro 18 de janeiro, 2020 | 16:03
Ruim de bola não joga nada e ainda quer sair por cima, na seleção parecia o Pateta jogando. Chega se aposenta vai tá na hora da fila andar

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO