Operação Chumbo Grosso recolhe armas, munição e prende um em Inhapim

Israel Salles / Caratinga


Entre as armas estão dois revólveres com numeração raspada, o que agrava a pena por posse ilegal de arma de fogo

Um homem foi preso em flagrante de posse de um verdadeiro arsenal em uma oficina mecânica, no distrito de Tabajara, município de Inhapim, onde também foram encontrados veículos em situação irregular.

Em entrevista à imprensa, em Caratinga, o tenente PM Christófori Júnior informou que a Polícia Militar tinha recebido uma denúncia, segundo a qual, um homem de 47 anos, que já tinha passagem pela polícia por receptação, comercializava armas de fogo e munições em uma oficina mecânica, onde também poderia estar ocorrendo desmanche de motocicletas para a venda de peças.

Os levantamentos policiais indicaram que a denúncia poderia ter procedência e foi montada a operação Chumbo Grosso, para averiguar o local denunciado. Na quinta-feira (16) o estabelecimento denunciado foi cercado por equipes da PM.

O homem responsável pelo comércio irregular foi encontrado no local e detido. Na oficina policiais recolheram dois veículos, uma motocicleta Honda Titan e um Fiat Uno, além de sete armas de fogo, duas delas com numeração raspada, o que agrava o crime de posse ilegal de arma de fogo, munição calibres 22, 32 e 38, além de R$10 mil em dinheiro.

Foram recolhidos, três revólveres calibre .38 (um deles carregado com três cartuchos e intactos e dois deles com numerações raspadas), um revólver calibre .32, duas garruchas calibre .32 (uma carregada com dois cartuchos intactos) e uma garrucha calibre .22

Além das armas foram recolhidas 138 cápsulas intactas de munição calibre .22, três cápsulas de calibre .38, quatro de calibre 32, uma motocicleta com número do chassi raspado e um Fiat Uno com documentação irregular
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO