Noite de caos em Belo Horizonte com chuva intensa

Córregos transbordam, carros foram arrastados e capital mineira teve recorde de vias bloqueadas


Os moradores de Belo Horizonte viveram mais uma noite de caos, com o transbordamento de córregos e ribeirões. Carros foram arrastado pela força da correnteza das enxurradas. Não há registro de mortos e feridos, mas o rastro de destruição tem imagens que impressionam.

Sete vias principais tiveram que ser fechadas na cidade por causa do transbordamento de córregos. Entre as avenidas fechadas estava a toda extensão da Tereza Cristina devido ao transbordamento no encontro dos córregos Ferrugem e Arrudas. A medida preventiva tem sido adotada pela Defesa Civil neste período chuvoso para evitar ocorrências mais graves com os moradores da cidade.

Na Via Expressa, na altura do bairro Coração Eucarístico (Região Noroeste), carros ficaram submersos na água da chuva. Moradores relataram alagamentos também na divisa do bairro com o Padre Eustáquio.



O mesmo ocorreu na avenida do Canal, no Conjunto Paulo II, no Barreiro, por causa do transbordamento do Córrego Jatobá. No Bairro Vale do Jatobá, na mesma regional, carros foram arrastados por uma enxurrada.

O córrego Ressaca também invadiu o asfalto, o que motivou a interdição das vias próximas conforme a Defesa Civil. No Centro da cidade, o fechamento aconteceu na esquina formada pelas ruas dos Tamoios e Mato Grosso e durou até as 23h.

As regionais da capital mais atingidas pela chuva intensa são:Centro-Sul, Oeste, Barreiro, Noroeste, Nordeste, Norte e Pampulha, conforme a Defesa Civil. Entre elas, as que mais receberam precipitação foram a Noroeste e a Oeste, ambas com mais de 75 milímetros. (Com informações da Defesa Civil de Belo Horizonte e Estado de Minas)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO