Fábio garante permanência no Cruzeiro

Fábio é o atleta que mais vezes atuou pelo Cruzeiro, foram 871 partidas

Bruno Haddad


Ídolo cruzeirense diz que vai participar do ano de reconstrução do clube

Desde a queda à Série B do Campeonato Brasileiro, fato que ocorreu em meio à pior crise da história do Cruzeiro, a continuação dos medalhões do time é incerta. Isso porque a meta do clube agora é reduzir bastante a folha salarial, inclusive com um teto de pagamento de R$ 150 mil aos jogadores. Em meio a tudo isso, o goleiro Fábio, um dos maiores ídolos celestes, veio a público na terça-feira e confirmou que seguirá a vestir a camisa do Cruzeiro este ano.

Nas mídias sociais, o goleiro disse: “se existe dúvida da minha lealdade ou identificação com o clube é porque não me conhecem. Irei me empenhar em fazer o máximo para me adequar na realidade do Cruzeiro. Tive tantas oportunidades para sair e não seria agora no pior momento do Cruzeiro que eu iria sair”, garantiu.

Fábio é o atleta que mais vezes atuou pelo Cruzeiro, foram 871 partidas. Ele conquistou 12 títulos: sete estaduais (2006, 2008, 2009, 2011, 2014, 2018 e 2019), três Copas do Brasil (2000, 2017 e 2018) e dois Campeonatos Brasileiros (2013 e 2014).

Edílson também fica
Outro que permanece no clube é o lateral-direito Edilson. Também usando as mídias sociais, ele disse que vai participar do processo de reconstrução do clube. A nota divulgada chega num momento em que a negociação para que Edílson voltasse ao Grêmio esfriou.

No comunicado, Edilson disse que 2020 será difícil, mas que a “vontade de participar disso tudo é imensa e incondicional”. O vínculo dele com o Cruzeiro termina no fim deste ano.

Atuando com a camisa celeste, ele conquistou a Copa do Brasil de 2018 e os estaduais de 2018 e 2019.

Dedé está fora
Enquanto Fábio e Edílson decidiram permanecer – embora os novos salários de ambos não tenham sido divulgados – o zagueiro Dedé não aceitou a redução salarial proposta pela diretoria e agora busca outra equipe.

Segundo o empresário do jogador, Gustavo Souza, ele tem propostas do Vasco, de dois times da China e também de outros dois clubes da Série A brasileira.

A expectativa do Cruzeiro é que o jogador consiga uma transferência definitiva para outro clube, o que seria possível apenas se a contratação fosse feita por um time do exterior.

Atuando pela Raposa, Dedé ganhou dois Campeonatos Brasileiros (2013 e 2014), duas Copas do Brasil (2017 e 2018) e três estaduais (2014, 2018 e 2019).

Outras saídas
Quem também está próximo de deixar a Toca da Raposa é o atacante Sassá, que tem proposta do Coritiba. O zagueiro Fabrício Bruno retirou a ação judicial contra o clube e chegou a um acordo amigável de rescisão. Quem também já deixou o barco foram os laterais-esquerdos Dodô e Egídio, os volantes Henrique e Jadson, o meia Marquinhos Gabriel e os atacantes Pedro Rocha, Joel e Ezequiel.

O volante Éderson, o meia Thiago Neves e o atacante David tentam desligamentos na Justiça por causa do atraso no pagamento de salários, direitos de imagem, férias, 13º e FGTS. (Com informações do Superesportes)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO