Ladrão é preso no momento que furtava, em Ipatinga

Moradores denunciaram o invasor que estava em uma residência no bairro Bethânia

A 'casa caiu' para um homem de 31 anos que possui passagens por crimes contra o patrimônio. E mais uma vez envolvido com esse tipo de crime. Ele foi preso em flagrante no interior de uma casa na rua Granada, no bairro Bethânia, em Ipatinga. T.A.P.N., de 31 anos, preparava objetos para serem levados, quando chegou a Polícia Militar, acionada por vizinhos que desconfiaram de algo errado no interior da residência.

As equipes do cabo Sidney e tenente Barros foram acionadas depois de uma denúncia feita ao 190 da PM. Testemunhas viram quando duas pessoas chegaram em uma motocicleta e uma delas entrou na casa, que naquele momento estava sem os moradores, pois todos tinham saído. Os policiais depararam com T.A. na sacada da residência. Ele tentou correr, mas foi detido ainda no interior do imóvel.

O invasor já havia separado um aparelho de TV, notebook e uma bicicleta, colocados próximo ao portão. Com o preso, segundo a soldado Naira, também foram encontrados frascos de perfume, carteiras e outros objetos da residência.

Ele entrou no imóvel com a cópia da chave do portão, feita por um chaveiro. A polícia apurou que o profissional não tinha ligação com o crime, apenas executou o serviço solicitado pelo ladrão.

Com a chegada dos moradores ficou apurado que T.A. havia estado antes na residência para ver filhotes de cachorro que estavam à venda. Ele viu o anúncio da venda dos cãezinhos em uma página de vendas no Facebook e foi ao endereço indicado na companhia de outra pessoa, não identificada. T.A. descobriu a hora que o casal não estaria no imóvel.

Os policiais apuraram ainda que o ladrão chegou a tirar uma foto da chave na fechadura do portão, imagem usada para convencer o chaveiro a fazer o serviço de cópia. Outra situação que os PMs desconfiam é que o invasor poderia ter planejado em até render a mulher, que vendia os filhotes, pois foi encontrada uma faca enrolada em um papel e se encontrava molhada de suor, indício de que a arma branca foi levada junto ao corpo do ladrão. Com isso, o homem foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Guilherme Gonçalves Costa 16 de janeiro, 2020 | 18:35
Esse tipo de matéria deveria vir acompanhada da foto do meliante, pra que todos saibam quem é o sujeito. A polícia faz o papel dela brilhantemente, mas a justiça daqui a pouco libera o ladrão.
Leonardo Silva Souza 16 de janeiro, 2020 | 09:45
Infelizmente o Brasil é o melhor lugar pra acobertar bandido.
Pena de morte nesse país significaria que os políticos morreriam primeiro por isso não foi implantada até hoje.
A nova presidência está apenas concertando as cagada que os outros deixaram, espero que dê tempo de corrigir tudo e que a lei possa ser cumprida de verdade.
José 15 de janeiro, 2020 | 18:55
Infelizmente é assim, as leis sempre do lado dos bandidos, daqui há pouco vai estar solto, bandidos nunca vão deixar de ser bandidos,
Admilson Timóteo Ferreira 15 de janeiro, 2020 | 13:36
Não tem que abreviar nome do vagabundo,tem que falar nome completo,e se possível endereço desse lixo. Só que infelizmente no Brasil,a lei proteje vagabundo.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO