Instituto Usiminas oferece programação cultural gratuita nas férias

As exposições ainda podem ser visitadas até dia 1º de fevereiro, de terça a sábado, das 10h às 21h

Rodrigo Zeferino


Exposições patrocinadas pela Usiminas e Biblioteca Central de Ideias são opções de lazer com arte e literatura

Os espaços culturais Usiminas estão cheios de atrações para a família se divertir nas férias com uma programação de arte e literatura, gratuita. Estão em cartaz as exposições “Olhares Culturais – os múltiplos cenários de Ipatinga”, no Teatro Zélia Olguin; e “Jardins Móveis”, no Centro Cultural Usiminas, que contam com o patrocínio da Usiminas e realização do Instituto Usiminas, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Para quem aprecia um passeio com literatura, a opção é a Biblioteca Central de Ideias do Centro Cultural Usiminas, que oferece empréstimo de livros gratuito, e recebeu recentemente mais de 100 novos títulos em seu acervo.

As exposições ainda podem ser visitadas até dia 1º de fevereiro, de terça a sábado, das 10h às 21h. Ambas as exposições contam com a mediação de monitores da Ação Educativa do Instituto Usiminas. A exposição “Olhares Culturais – os múltiplos cenários de Ipatinga” convida a reviver as memórias que formam a cena cultural de Ipatinga e a ampliar o olhar para a paisagem urbana da cidade. A mostra integra as comemorações dos 57 anos da Usiminas e celebra os 25 anos de fundação do Teatro Zélia Olguin, tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Municipal.

Jardins Móveis

O Jardim externo e a Galeria Hideo Kobayashi do Centro Cultural Usiminas abrigam a exposição “Jardins Móveis”. De autoria dos artistas plásticos Felipe Barbosa e Rosana Ricalde, do Rio de Janeiro, une cores e formas de brinquedos infláveis transformando-os em grandes esculturas de animais, inspiradas na “topiaria”, a arte de podar plantas em formas ornamentais. As obras são feitas em estruturas metálicas, recobertas por infláveis diversos que, agrupados, dão forma a uma Topiaria Ambulante. Mais que mostrar belas imagens, a exposição promove uma reflexão entre a natureza e o consumo, ao traduzir de maneira criativa e esculturas com animais.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO