Biometria não será cobrada nesta eleição, no Vale do Aço

Chefe da 131ª Zona Eleitoral, Leonardo Souza, informa que não há necessidade de correr atrás deste serviço, no momento

Bruna Lage


Atendimento no cartório tem recebido grande número de eleitores, como neste registro de sexta-feira (10)

A biometria não será obrigatória no Vale do Aço nas eleições municipais deste ano. Apesar da informação, uma extensa fila tem sido formada nas dependências dos cartórios situados na avenida Zita de Oliveira, no Novo Centro, em Ipatinga. O chefe da 131ª Zona Eleitoral, Leonardo Souza, alerta que não há necessidade de encarar filas, já que os eleitores poderão votar sem o recadastramento biométrico.

Sobre a movimentação, Leonardo Souza relata que, em contato com os eleitores, ele tem percebido que muitas pessoas estão se deslocando ao cartório por medo de uma possível perda do título ou cancelamento do documento, por não fazer o recadastramento. “É importante alertar que o cadastro obrigatório é feito em cidades pré-selecionadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), divulgadas com antecedência bastante razoável, geralmente um ano antes, justamente para que a zona eleitoral possa se preparar, do ponto de vista logístico e operacional, mobilização de servidores e equipes de apoio, muitas vezes com a montagem de postos de atendimento fora do cartório eleitoral, em locais estratégicos, e com o recebimento do ônibus TRE Aqui, que é um cartório eleitoral móvel, com capacidade de atendimento bastante elevada”, adianta.

Neste momento o cartório eleitoral de Ipatinga, que abrange ainda os municípios de Santana do Paraíso, Ipaba e Bugre, não tem a biometria como obrigatória. As pessoas irão votar, em 2020, no processo misto: quem fez a biometria com o reconhecimento pela digital e quem ainda não fez, basta levar documento de identidade e fazer assinatura no livro. “Então, não há necessidade de que as pessoas venham em massa nos procurar neste momento. É interessante deixar para vir após a realização da eleição, caso não haja nenhuma urgência, como viagem ao exterior ou que está há muito tempo sem votar e precisa regularizar sua inscrição eleitoral. Quem está com o título regular não precisa ter medo do cancelamento, não será cobrada a biometria”, reforça.

Na região Leste, a única cidade que terá votação com biometria obrigatória é Governador Valadares, onde até meados de 2019 havia 205 mil eleitores cadastrados.

Estrutura

Em Ipatinga, a estrutura é de seis guichês para atendimento de eleitores. Eles ficam abertos de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h. “Nós atendemos todas essas demandas e à medida que esse volume sobreleva com uma procura desnecessária, faz com que fiquem prejudicada aquelas pessoas que realmente precisam. Pedimos que os casos não urgentes aguardem um pouquinho e nos procurem após a eleição, que estaremos prontos para atendê-los”, pede.

Serviços

A Justiça Eleitoral disponibiliza aos eleitores no atendimento diário, além das atividades do cadastro biométrico, retirada do primeiro título, segunda via, transferência, mudança do local de votação, também o fornecimento de certidões de quitação eleitoral - para o eleitor que tenha que demonstrar sua quitação-, certidões de filiação partidária, negativa criminal e a quitação dos débitos daqueles que não votaram em eleições anteriores.

Esses serviços são ofertados à população nos anos eleitorais, até o fechamento do cadastro eleitoral, que irá ocorrer até 6 de maio. Até lá, serão feitas atividades alusivas à biometria. Passado esse período, serão fornecidas certidões, dado baixas em multa, mas a realização de novos títulos ficará suspensa por determinação legal, até que se terminem as atividades atinentes a eleição de 2020.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO