Onça é avistada por moradores dos bairros Veneza e Caravelas, em Ipatinga

Animal da espécie onça-parda ou suçuarana conseguiu escapar da tentativa de captura

PM Ambiental


A onça-parda foi cercada em uma casa, mas ela conseguiu escapar

Uma onça-parda é procurada por equipes do Corpo de Bombeiros Militar e a Polícia Militar de Meio Ambiente em Ipatinga. O animal selvagem foi avistado em uma casa no bairro Veneza II, mas ele conseguiu escapar do cerco na tentativa de capturá-lo na manhã desta quinta-feira (9). As equipes mantêm as buscas para capturar o felino.

Veja atualização da notícia:
Onça é capturada dentro de escola no bairro Caravelas

O Corpo de Bombeiros confirmou ao Diário do Aço que a onça foi avistada caminhando entre algumas casas no bairro Veneza II, situação que mobilizou os moradores a acionar os órgãos de segurança. A onça foi cercada nos fundos de uma casa, mas apesar da tentativa dos profissionais, ela conseguiu escapar.

O médico-veterinário Lélis Costa e Silva, do Centro de Biodiversidade (Cebus), da Usipa, deu apoio aos militares na tentativa de capturar o animal. A onça-parda, que seria um macho e conhecida também como suçuarana, conseguiu escapar e foi avistada por último na avenida Colatina, no bairro Caravelas. O tenente Moura disse que populares a viram caminhando em uma área verde do Caravelas antes de desaparecer novamente.

Quem ver o animal deve tomar cuidado para não se aproximar, pois caso se sinta acuado, pode ser muito agressivo. A PM deve ser imediatamente acionada via telefone 190 ou o Corpo de Bombeiros, via telefone 193.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Adalgisa Casarotto 10 de janeiro, 2020 | 17:03
Ainda bem que foi capturada com sucesso, graças a esses políticos sujos, cada dia mais os animais perdem espaço. Merecemos alguém com gabarito para ocupar o Ministério do Meio Ambiente!!!!!
Sophia 09 de janeiro, 2020 | 16:50
Super concordo dona Maria até pq não é ela q está invadindo nosso espaço e sim nós q invadindo a área dela. Até algum tempo atrás o Parque Caravelas era uma área de mata atlântica fonte se nascentes e veja o q fizeram lá tudo pelo boom imobiliário e lucro acima de tudo!
Palhaço 09 de janeiro, 2020 | 16:23
Concordo Dona Maria, so me falta "estes humanos" começarem a tacar pedras e machucar o animal. Infelizmente os animais estão procurando alimentos, ate mesmo água. Nossas matas estão sendo destruídas para subirem predios.
Maria Geralda Almeida 09 de janeiro, 2020 | 14:16
Espero que o ser humano não cometa a atrocidade de matar como fazem com tantos outros. Que façam campanha para o povo respeitar e facilitar a captura.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO