Homem é preso depois de assaltar jovem no Veneza II, em Ipatinga

Suspeito pelo roubo foi localizado escondido na área central da cidade depois de rastreamento da PM

Wellington Fred


A bicicleta usada para a fuga, depois do roubo, foi apreendida pela PM

A policia prendeu um homem de 43 anos suspeito de assaltar uma jovem de 24 anos na rua Florianópolis esquina com a rua Niterói, no bairro Veneza II, em Ipatinga. J.P.S. roubou a bolsa da vítima quando ela caminhava pelo local e foi encontrado escondido no prédio onde funcionava o restaurante popular de Ipatinga, no Centro da cidade, no fim da manhã desta quarta-feira (8).

A vítima, A.C.F.M., de24 anos, contou para a Polícia Militar que caminhava pela rua Florianópolis e, ao se aproximar da rua Niterói, foi rendida por um homem branco que se encontrava de bicicleta. O criminoso ameaçou a vítima de morte caso ela não entregasse a bolsa que levava consigo.

A jovem, diante das ameaças, entregou o objeto que continha em seu interior dinheiro, documentos pessoais e outros pertences pessoais. O assaltante fugiu sentido ao bairro Planalto, conforme informações de populares. Os policiais conseguiram informações acerca do possível autor do roubo e, depois de intensas buscas, conseguiram o local onde ele estaria.

J.P. estaria escondido no prédio onde funcionou o restaurante popular de Ipatinga, no centro da cidade. O local foi cercado e os militares depararam com o suspeito sentado em uma das mesas no interior do prédio público. Ele levou os policiais até onde deixou a bicicleta, na rua Pouso Alegre, também no Centro de Ipatinga. O preso foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil, contudo a bolsa roubada não foi achada.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO