Em sua apresentação, Dudamel fala em recuperar ''fome da vitória''

O Atlético iniciou a pré-temporada com poucas contratações

Bruno Cantini


Treinador venezuelano falou da importância de ter tempo para montar uma equipe competitiva

O novo treinador do Atlético, Rafael Dudamel, foi apresentado na tarde desta quarta-feira, na Cidade do Galo. Durante entrevista coletiva, ele falou da necessidade de elevar o nível da equipe. "O que posso dizer neste momento é que vamos ter um elenco mais jovem que o ano passado, com muito talento, que com o trabalho vamos poder levar a um nível superior. Mas o mais importante de tudo é que, com o talento do nosso elenco, possamos recuperar o desejo, a fome de vitória", destacou o venezuelano.

Com o clube desde 2014 sem conquistar um título importante, o novo treinador disse que tempo é fundamental para implantar seu sistema de jogo e ganhar troféus. "Os treinadores vivem com malas atrás das portas. Espero que não seja nosso caso. Viemos com muito otimismo, muita ilusão e que termine meu ciclo no Atlético em dois, três, quatro anos. Só Deus sabe quando. Mas que seja com muitas satisfações e deixando sempre as portas abertas", completou.

O Atlético iniciou a pré-temporada com poucas contratações, depois que vários jogadores deixaram a equipe, entre eles: Luan, Chará, Elias, Geuvânio, Wilson, Leonardo Silva (aposentadoria), Alerrandro, entre outros que podem sair em breve. Para reforçar a equipe, Dudamel disse que já indicou jogadores, inclusive estrangeiros, para a diretoria alvinegra.

"Conversamos com Rui (Costa) sobre alguns nomes em algumas posições pontuais, mas não queremos dar nomes, porque ainda podem haver algumas transações para abrir alguns espaços. E depois dar o passo seguinte. Mas há nomes de vários países. Na construção da equipe, o mais importante e a paciência, a tranquilidade para tomar as melhores decisões", falou o treinador.

Hyoran confirmado
Também na quarta-feira, o Atlético divulgou a contratação do meia atacante Hyoran, do Palmeiras. O atleta de 26 anos ficará no Galo até o fim do ano, por empréstimo. Ele é o segundo reforço do Galo, o primeiro foi o lateral direito Mailton.

Vitor Silva/Botafogo


Zagueiro Gabriel fez boa temporada no Botafogo e está de volta aos planos do Galo

Gabriel, Edinho e Danilo são reintegrados ao Atlético

Com os contratos de empréstimos finalizados, o zagueiro Gabriel, o meia Edinho e o lateral esquerdo Danilo são reintegrados ao Atlético. Eles se juntam ao único reforço do Galo até agora, o lateral direito Maílton. Todos estiveram presentes na reapresentação do elenco nesta quarta-feira.

Contratado em 2018, Edinho teve poucas chances em Belo Horizonte. Por isso, no ano seguinte foi emprestado ao Fortaleza, onde se destacou. A diretoria alvinegra crê que a boa campanha feita no Nordeste pode ser importante para a equipe atleticana nesta temporada.

Danilo alternou altos e baixos no Vasco, mas foi titular na maior parte da temporada. Enquanto isso, Gabriel se destacou no Rio de Janeiro.

Conforme o Atlético, os outros jogadores cujos contratos de empréstimo com outros clubes se encerraram em dezembro não precisaram se reapresentar na quarta-feira. A diretoria procura novos destinos para eles. São os casos dos laterais esquerdos Mansur e Leonan, do volante Lucas Cândido, do meia Daniel Penha e dos atacantes Clayton, Hyuri e Capixaba.

Possível saída
Enquanto alguns atletas voltam ao elenco, Maicon Bolt pode estar de saída. O meia, que tem contrato até dezembro de 2021 com o Atlético, desperta o interesse do CSA. O clube mineiro já anunciou que não pretende contar com ele para 2020, porém, o CSA não tem condições de arcar com o salário de Bolt, que é de cerca de R$ 450 mil.

A negociação de momento é que os dois clubes dividam os salários do jogador de 29 anos. Maicon Bolt nunca se firmou no Atlético e é um dos alvos de crítica por parte da torcida.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO