Pedreiro que morreu eletrocutado é sepultado em Santana do Paraíso

Homem operava uma betoneira quando recebeu uma descarga elétrica e morreu

Atualizado às 17:36
Foi sepultado no fim da tarde de quarta-feira (8), no Cemitério de Santana do Paraíso, o corpo de Nilton Camilo Rosa.
Ele faria 41 anos no dia 10 de fevereiro próximo. O velório de Nilton foi realizado na capela municipal, conforme a Funerária Paraíso, responsável pelo serviço funerário.

Conhecidos da vítima informaram que o pedreiro operava uma betoneira, em uma chácara, área da Comunidade Deus Existe, quando recebeu uma descarga elétrica, na tarde de terça-feira (7) e morreu.

Conhecido como Niltinho, em Santana do Paraíso, sua passagem foi lamentada por centenas de pessoas nas mídias sociais. Entre muitas mensagens de pesar, uma delas dizia: “Muito difícil. Super gente boa. Sem palavras para expressar os sentimentos de luto”, resumiu.

Álbum pessoal

Nilton Camilo foi vítima de uma eletrocussão, em Santana do Paraíso

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO