Licenciatura passará a ser mais voltada para prática

Decisão foi homologada pelo Ministério da Educação (MEC)

Divulgação


Revista em resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE) homologada pelo Ministério da Educação (MEC), a formação dos professores no Brasil vai ficar mais longa e passar a ter maior foco na prática.

Revista em resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE) homologada pelo Ministério da Educação (MEC), a formação dos professores no Brasil vai ficar mais longa e passar a ter maior foco na prática.

Os cursos de licenciatura, para a formação de professores, passam da atual duração de três para quatro anos, ou 3,2 mil horas. Dessa carga horária, 800 horas – o equivalente a um quarto do curso –, devem ser voltadas para a prática pedagógica.

A prática pedagógica deve, obrigatoriamente, ser acompanhada por um professor da instituição formadora e por um professor experiente da escola onde o estudante a realiza.

A formação dos futuros professores também terá um maior foco na chamada Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que define o mínimo que deverá ser aprendido pelos estudantes de todo o país no ensino infantil, fundamental e médio.
Curso de Licenciatura

Se a formação de professor é um dos cursos que você pretende fazer, o Educa Mais Brasil tem bolsas de estudo em todo o país. O programa já beneficiou mais de 1 milhão de estudantes em todo país. Através dele, você pode conseguir bolsas de estudo de até 70%. Acesse o site do programa e confira todas as oportunidades disponíveis na sua região. (Bárbara Maria – Agência Educa Mais Brasil)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Gildázio Garcia Vitor 27 de Dezembro, 2019 | 17:34
O maior desafio da Educação básica brasileira ainda é a formação dos professores, que não começa nos cursos de graduação e muito menos no estágio prático obrigatório. O buraco é bem mais embaixo ( ou "em baixo"?! )! Quem são os alunos interessados nos cursos de Pedagogia e de Licenciaturas, os melhores das escolas particulares ou os mais ou menos das públicas ( nem os bons das públicas interessam )? Os cursos serão realizados nas Universidades Federais ou em Faculdades particulares? Presencial ou no sistema EaD? O estágio prático obrigatório de 800 horas com um professor "experiente", como, por exemplo, o Gildázio, com 37 anos de magistério, mas que sabe muito pouco de nada, inclusive História e Geografia, não é garantia de qualidade para o futuro professor, isso, sem considerar os relatórios de estágio que são assinados por diretores e professores sem o cumprimento da carga horária exigida por Lei Federal. Além disso tudo, só produz qualidade quem tem qualidade. Exemplos? Diário do Aço, Usiminas, Cenibra, Mayrink Vieira, CSFX, TV Globo, Folha de São Paulo etc.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO