Mais de 660 estudantes de Timóteo participam da formatura do Proerd

Evento ocorrido no Ginásio Iorque José Martins mobilizou policiais e familiares dos estudantes que fizeram o juramento: não às drogas

Divulgação Polícia Militar


Centenas de alunos participaram do evento na noite desta quarta-feira
Atualizado às 16h16
O Ginásio Iorque José Martins, localizado no Centro Comercial Norte, em Timóteo, foi palco de mais uma formatura de alunos que passaram pelo Proerd, sigla do Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência. Os estudantes de nove escolas públicas e particulares se comprometeram a ficar distante das drogas durante a vida. Atualmente esse é o único programa público educacional contra o uso de entorpecentes e contra a violência, do qual se tem notícia.

A formatura começou por volta das 18h30 com a chegada dos 666 estudantes de 5º ano do Ensino Fundamental de nove escolas, estaduais e particulares. A solenidade é a conclusão dos passos e ensinamentos repassados pelos instrutores Proerd. Na área da 85ª Companhia da Polícia Militar, o instrutor é o sargento Vanderlei.

Sargento Vanderlei foi o responsável por ministrar o Proerd

O profissional agradeceu os parceiros e todos envolvidos no projeto do Proerd. Os alunos destaques foram premiados, além de participarem de brincadeiras e interagirem com o mascote Dare, o leãozinho que é o símbolo do programa. No fim, os estudantes fizeram o juramento tradicional de ficarem longe das drogas e da violência.

Com a turma formada na quarta-feira (11), segundo o sargento Vanderlei, já são 1.147 estudantes que receberam as informações do Proerd na área da 85ª Companhia. Na sexta-feira (6), outras 43 crianças da Escola Municipal José Pedro da Silva do distrito de Cava Grande, em Marliéria, também concluíram o programa.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO