Em nota, direção do Mineirão lamenta destruição provocada por torcedores


A onda de insatisfação de torcedores com o rebaixamento do Cruzeiro, para a Série B do Campeonato Brasileiro, inciada dentro do Mineirão e que se arrastou para fora do estágio, repercute nessa segunda-feira. As cenas de selvageria "recheia" o noticiário do dia. O time teve a queda oficializada após ser derrotado por 2 a 0 pelo Palmeiras, no fim da tarde de domingo (8).

O resultado fez torcedores entrarem em conflito com policiais durante o jogo. O conflito forçou o árbitro a encerrar a partida antes do horário previsto por falta de segurança. Cadeiras foram arremessadas por cruzeirenses no campo, enquanto policiais lançaram bombas e balas de borracha para dispersar a torcida.

Um levantamento inicial apontava que 32 pessoas ficaram feridas no conflito. Três torcedores foram detidos pela polícia.

Pelo Twitter, a administração do Mineirão fez um desabafo com relação aos atos de vandalismo provocados nas dependências internas do estádio.

A administração do estádio lamentou os estragos, diante das imagens da destruição provocada por torcedores cruzeirenses. Além das imagens, postou na página oficial do estádio a seguinte mensagem:

"Tem gente que acha que é só um gigante de concreto, mas eu tenho alma. Torço, vibro, comemoro e sofro, fico triste. Ver um mineiro rebaixado é muito ruim. Mas o mais dolorido foi ver os torcedores apaixonados que costumam vibrar na arquibancada, se transformarem em vândalos".
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Barrabas 09 de Dezembro, 2019 | 10:57
Os torcedores deveria culpar estes corruptos que esta no comando do cruzeiro sao iguais estes politicos destroi este pais como o comando do time destruiu o cruzeiro.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO