Cruzeiro é rebaixado e disputará a Série B em 2020

Raposa perdeu para o Palmeiras por 2 a 0

Vinnicius Silva / Cruzeiro


Cruzeiro foi rebaixado pela primeira vez em sua história

O Cruzeiro irá disputar a Série B em 2020. A raposa foi superada por 2 a 0 pelo Palmeiras neste domingo, no Mineirão. Os gols da partida foram marcados por Zé Rafael, aos 12 minutos, e Dudu, aos 39 minutos do segundo tempo. O desempenho do time celeste não foi o suficiente para vencer time de Andrey Lopes. Além de suas próprias forças, o Cruzeiro torcia por uma derrota do Ceará, que empatou com o Botafogo.

Do time que perdeu para o Grêmio por 2 a 0, quinta-feira, Adilson Batista fez cinco mudanças. Além dos suspensos Edilson, Egídio e Ariel Cabral, saíram os atacantes David e Fred. Entraram Marquinhos Gabriel, Dodô, Jadson, Pedro Rocha e Ezequiel.

O time azul celeste mostrou-se cauteloso. Quando arriscou um pouco mais, parou no nervosismo, com erro na definição das jogadas. O Palmeiras encontrou espaço pelos lados e teve as melhores chances, com Léo, que quase marcou contra, e Zé Rafael. Já no segundo tempo, aos 11 minutos, Dudu recebeu em profundidade, tocou de calcanhar para Raphael Veiga, que cruzou. Zé Rafael finalizou rasteiro, e abriu o placar para o Palmeiras. Dudu, revelado na base do Cruzeiro, marcou o segundo gol.

Os minutos finais no Mineirão foram também de vandalismo. Torcedores começaram a quebrar cadeiras e o corre-corre foi grande. A partida foi interrompida aos 40 minutos da etapa final, bombas foram jogadas nas arquibancadas. Invasões foram registradas em alguns setores. A Polícia Militar precisou entrar em ação e, sem condições de segurança, o árbitro Marcelo de Lima Henrique encerrou a partida.

Ficha Técnica
Motivo: 38ª rodada do Brasileiro
Local: Estádio Mineirão

Cruzeiro: Fábio; Orejuela (Weverton), Cacá, Léo, Dodô, Henrique; Éderson, Jadson, Marquinhos Gabriel; Pedro Rocha (Maurício), Ezequiel (Sassá). Técnico: Adilson Batista

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Antônio Carlos, Diogo Barbosa; Matheus Fernandes, Bruno Henrique, Raphael Veiga (Willian), Lucas Lima, Zé Rafael (Gabriel Veron); Dudu. Técnico: Andrey Lopes
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Sid 11 de dezembro, 2019 | 09:47
Também....o "CABULOSO" rsrsrrsrs gastando 16 milhões com este time sendo que o time do Bangu-RJ é muito SUPERIOR a esta mariada e gasta 100 mil com a folha salarial.

B.
B.
B.
Sid 09 de dezembro, 2019 | 07:17
" TIME GRANDE NÃO CAI ".....
Bando de arrogantes.

B.
B.
B.
Marcos Guimarães 08 de dezembro, 2019 | 18:51
Tragédia anunciada???.
Contratações milionárias;
Presidência incompetente;
Gastos além da captação;
Jogador com futuro incerto e salário atrasado não joga bem.
Um time desequilibrado, foi isto que vimos nos últimos jogos, e que foi controlado por um Thiago Neves que não jogou os dois últimos jogos, não era ele que se achava o Salvador da Pátria?
Nove milhões de torcedores perplexos e ficou a realidade da Série B, e se não acertar com a FIFA, vislumbra-se o risco de série C, se não corrigirem os erros.
O lado bom?
Sendo campeão da Série B, o Cruzeiro se iguala ao Atlético Mineiro tendo no Hall o mesmo troféu.
Sr. Cidadão, eu te avisei, mas preferiram jogar pedras na imprensa que denunciou e nos críticos de plantão, que como eu viram, mas ainda assim, recebemos pedradas.
Bem vindos a Série B, nos vemos nos confrontos regionais.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO