Cruzeiro vence América e conquista Campeonato Mineiro Feminino

Equipe celeste venceu o certame de forma invicta

Vinnicius Silva


Partida ficou empatada e foi definida nos pênaltis

Neste sábado, o Cruzeiro venceu o América nos pênaltis e faturou o título de campeão do Campeonato Mineiro Feminino. A partida terminou em 1 a 1 no tempo normal.

O gol celeste foi marcado por Kim, após belo passe de Janaína. As Coelhinhas empataram na sequência, em pênalti convertido por Dilene.

A primeira taça conquistada pelo futebol feminino estrelado veio com uma campanha invicta. Foram nove jogos, com oito vitórias e um empate, 45 gols marcados e apenas um sofrido. O Cruzeiro ainda teve a artilheira da competição. Micaelly marcou nove vezes.

O jogo
O Cruzeiro se impôs desde o início da partida. Logo aos seis minutos, Micaelly recebeu na esquerda e cruzou para Vanessa, que bateu de primeira com perigo. Aos 13, Isabela cobrou falta para a área e Duda cabeceou com perigo.

Aos 34 minutos, Duda cobrou falta e a goleira mandou para escanteio. O América chegou pela primeira vez apenas aos 40 minutos arriscando um chute de fora da área. Aos 48, Micaelly cobrou falta com perigo e a goleira mandou para escanteio.

No segundo tempo, o Cruzeiro voltou tentando se impor, mas a forte chuva deixou o campo bastante pesado. Aos cinco minutos, Isabela arriscou de longe e a bola passou com perigo próximo ao travessão.

Aos oito saiu o gol celeste. Janaína avançou pela ponta direita e rolou para Kim abrir o placar: 1 a 0.

A partida seguiu muito disputada. Aos 12 minutos, o juiz marcou pênalti para o América. Dilene cobrou e empatou. Aos 26, Vanessa quase colocou o Cruzeiro em vantagem novamente. A atacante chutou com perigo. Aos 29, novamente Vanessa mandou para o gol e a goleira defendeu mandando para escanteio.

Aos 32, Janaína mandou para o gol, a goleira deu rebote e a zaga afastou. O árbitro apitou o final da partida e a decisão foi para as cobranças de pênaltis.

Diante do América, o técnico Hoffmann Túlio escalou o Cruzeiro com: Camila; Janaína, Pires (Lia) (Isa Leone), Jajá e Eskerdinha; Isabela, Duda e Micaelly; Miriã (Aline Rosa), Vanessa (Thayane) e Kim.

O América jogou com Deka; Tia, Nandão, Nayara, Flavi; Dani Peré, Jó, Rafa; Aninha, Dilene, Lorena

Decisão nos pênaltis
Com o empate no tempo normal, o título foi decidido nas cobranças de pênaltis. E o Cruzeiro ganhou por 6 a 5. Isa Leone, Duda, Eskerdinha, Micaelly, Thayane e Aline Rosa marcaram para o Cruzeiro. A goleira Camila defendeu uma cobrança do adversário. Final de jogo, Cabulosas campeãs.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO