Cruzeiro perde para o Grêmio em Porto Alegre

Para não cair, Raposa precisa vencer o Palmeiras e torcer por uma derrota do Ceará contra o Botafogo no domingo

LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA


Cruzeiro não conseguiu segurar o Grêmio fora de casa

Na noite desta quinta-feira (5), em Porto Alegre, o Grêmio bateu o Cruzeiro por 2 a 0 na Arena, com gols de Ferreira e Pepê, em duelo válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado deixa o tricolor gaúcho na quarta posição, com 65 pontos. Já a Raposa segue em situação complicada, na 17ª colocação, com 36 somados.

Agora, o Cruzeiro precisa vencer o Palmeiras no domingo, no Mineirão, e torcer para que o Ceará perca seu confronto contra o Botafogo

Nada de gols no primeiro tempo em Porto Alegre. O Grêmio rondou bastante a área do Cruzeiro, mas não teve profundidade para chegar a assustar a meta de Fábio. A Raposa, mesmo com menos posse de bola, foi quem teve a melhor chance do período. Aos 29, Éderson apareceu de surpresa e, cara a cara com Paulo Victor, tentou por cobertura, mas o goleiro gremista se esticou todo e mandou para escanteio.

O Tricolor voltou com outra postura para o segundo tempo. Depois de martelar, conseguiu abrir o placar aos 21 minutos: Ferreira aproveitou cruzamento de Everton Cebolinha e colocou o Grêmio em vantagem. Depois, aos 38, Cacá fez falta em Pepê dentro da área. Pênalti para o Tricolor! Na cobrança, o mesmo Pepê bateu forte, no canto direito de Fábio, e decretou o 2 a 0 na Arena. (CBF)

Grêmio Paulo Victor; Rafael Galhardo (Patrick), David Braz, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Matheus Henrique; Pepê, Diego Tardelli (Ferreira) e Everton; Luciano (Isaque). Técnico: Renato Portaluppi.

Cruzeiro Fábio; Edílson, Léo, Cacá e Egídio; Henrique, Éderson, Ariel Cabral (Robinho) e Orejuela (Ezequiel); David e Fred (Pedro Rocha). Técnico: Adilson Batista.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO