Bombeiros retomam hoje buscas por mulher levada por enxurrada

O Corpo de Bombeiros de Sete Lagoas retoma, na manhã dessa quarta-feira (4), as buscas por uma mulher, de 60 anos, desaparecida durante um temporal. A mulher era passageira de um carro que faz transporte de passageiros com viagem agendada via aplicativo.

A escuridão e a topografia do terreno encharcado pelas águas da enxurrada levaram os Bombeiros a encerrarem, no fim da noite de terça-feira, as buscas à mulher.

Vítima era passageira de um carro usado para transporte agendado via aplicativo / Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação


Já o corpo do motorista do carro, Wagner Venâncio dos Santos, de 36 anos, foi encontrado. A identificação foi confirmada pela perícia da Polícia Civil e familiares. A vítima foi localizada a alguns metros de onde foi parar o veículo dele.

O homem prestava serviços de transporte de passageiros por aplicativo. Os bombeiros foram acionados por volta das 18h30 para comparecer à avenida Prefeito Alberto Moura, no bairro Nova Cidade, em Sete Lagoas, onde segundo testemunhas um Chevrolet Onix preto, com duas pessoas a bordo, havia sido arrastado pela enxurrada durante a chuva.

Os militares começaram as buscas e, pouco antes das 22h de terça-feira, encontraram o carro vazio. Ele estava parado com as rodas para cima na rua Maria Estela de Souza, no bairro Luxemburgo, a cerca de 600 metros do local do desaparecimento.

Estragos da chuva

O desaparecimento da mulher é uma das várias ocorrências em função da intensidade da chuva essa semana, em Minas Gerais. Depois de municípios do Vale do Aço, como Córrego Novo, serem assolados pelas enxurradas, e Tarumirim, no Vale do Rio Doce, outras nove cidades decretaram situação de emergência.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO