UBS’s oferecem testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites

Os testes rápidos são realizados a partir da coleta de uma gota de sangue extraída da ponta do dedo

Divulgação


Os testes rápidos são realizados a partir da coleta de uma gota de sangue extraída da ponta do dedo

Para marcar o Dia Mundial de Combate à Aids (1º dezembro), o Centro de Controle de Doenças Infectocontagiosas (CCDIP) de Ipatinga promove até o dia 17 de dezembro uma ação de testes rápidos itinerante para detecção do HIV, Sífilis e Hepatite B e C nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s). A estimativa da Secretaria da Saúde é de que serão realizados 600 testes rápidos, com resultados que saem em cerca de 15 minutos. O objetivo é alertar a população sobre a importância da detecção e vacinação contra hepatites virais.

Os testes rápidos são realizados a partir da coleta de uma gota de sangue extraída da ponta do dedo. O material é colocado em dois dispositivos de testagem. Para chegar ao resultado, o profissional que realiza o teste segue um fluxo determinado cientificamente. Caso os dois dispositivos tenham os mesmos resultados, o diagnóstico já é fechado. Porém, havendo divergência entre eles, é feito outro teste para confirmação ou exclusão do quadro de doença. Assim, o veredicto tem a mesma confiabilidade dos exames convencionais e não há necessidade de repetição em laboratório.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO