“Sintonia” lança “Oração do Servo”

Single de grupo capixaba tem um forte apelo de adoração e clamor

A música cristã contemporânea é o estilo musical adotado pelo Ministério Sintonia, que tem forte expressão no cenário da música capixaba. O grupo é formado por 18 integrantes, entre vocal e banda, e tem nove anos de existência.

Sua discografia inclui o CD “Sintonia”, um single e seu videoclipe, “Transbordarei”, e dois clipes, “Primeiro Natal” e um mashup, “Lindo és/Nada pode calar um adorador”. O single “Transbordarei” tem mais de 72 mil visualizações no YouTube: www.youtube.com/watch?v=1o13nwktuzw.

“Oração do Servo” traz mais beleza e sucesso à carreira ministerial desses jovens da Igreja Adventista do Sétimo Dia, na região da Grande Vitória. O single é uma composição de Daniel Salles (letra) e Ed Oliver (melodia), que já produziu artistas como Aline Barros, Kemuel e Ton Carfi.

Divulgação/Ana Paula Costa


O Ministério Sintonia está na estrada da música há nove anos
A mensagem central da música está no poder da oração do servo que exalta a grandeza de Deus e reconhece suas próprias limitações, e recorre ao Senhor clamando pelo poder do Espírito Santo,

“O Espírito de Deus tem poder para nos dar esperança e vida nova. O clipe é baseado em Ezequiel 37, quando o profeta vê o vale de ossos secos e Deus o manda profetizar para que lá houvesse vida. A oração do servo reconhece que nada pode limitar o poder de Deus, nem mesmo a morte.

Assim como Jerusalém pôde ser reerguida após o exílio babilônico, essa restauração é oferecida por meio de Jesus e o Espírito Santo”, explica Kelly Almeida, uma das diretoras do grupo.

O projeto “Oração do Servo”, gravado em agosto de 2019, nos Estúdios S2, em Vila Velha, no Espírito Santo, foi dirigido por Aksa Lima, com Suellen Novais como assistente de direção. A Lampião Filmes foi a produtora e Caio Oliveira o produtor. A direção de fotografia foi de Marcelo Batista.

Marcelo Trindade, diretor do Ministério Sintonia, conta um fato curioso ocorrido nesse projeto. Havia uma previsão de forte temporal no dia das gravações externas do clipe, que aconteceriam na Rampa do Urubu, local conhecido pela prática de parapente no Espírito Santo.

Como a equipe de produção era de São Paulo, o custo para reagendar passagens, locais de gravações e estrutura técnica tornou inviável a mudança de data, mas algo inusitado aconteceu.

“Chovia muito durante as gravações em ambiente fechado, na noite anterior às externas. O produtor sugeriu um plano B, mas eu lhe disse que o plano B era o plano A, pois não choveria na madrugada, pelo poder do Senhor. Era uma questão de fé. Oramos e pedimos ao Senhor.

E quando acordamos na madrugada de domingo, não havia sombra de chuva, embora o tempo estivesse meio nublado, o que ficou perfeito para a proposta do clipe. E gravamos as cenas exatamente como precisavam”, lembra o diretor.

O clipe enfatiza o poder de restauração do Espírito Santo. “Que você possa sentir o poder de Deus atuando e impactando sua vida, que seja um servo que ora e clama todo dia pelo poder do Espírito Santo.

Que você seja um instrumento do Senhor para restaurar e elevar este mundo ao sobrenatural de Deus. Confie e se entregue ao Senhor pela oração do servo e declare: ‘Pai, eu estou a te esperar, vem tua glória derramar, sem reservas sem medida’!” (Ministério Sintonia.)

Confira o videoclipe “Oração do Servo” neste link: https://www.youtube.com/watch?v=G3ZZ2hz9SGM
Ouça e siga o Ministério Sintonia nas plataformas digitais: https://onerpm.lnk.to/Single_Sintonia

Acompanhe o Ministério Sintonia pelas Redes Sociais:
You Tube: www.youtube.com/ministeriosintonia
Facebook: www.facebook.com/ministeriosintonia/
Twitter: www.twitter.com/ministeriosint2
Deezer: www.deezer.com/br/artist/11401608
Spotify: https://open.spotify.com/artist/0huMbsROWenJuHUDr691e9
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO