Secretaria de Saúde quer eliminar filas de espera por exames em Ipatinga

Anteriormente, o paciente que precisava realizar um exame de tomografia tinha que dar entrada no Serviço de Autorização Médica (SAM) e esperar pelo agendamento

Divulgação


Fila de espera tinha mais de 1.200 pacientes e alguns aguardavam por esses exames desde 2014

Após licitação realizada no início do ano, Secretaria de Saúde de Ipatinga disponibiliza 220 vagas para exames de tomografia computadorizada por mês, para Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município.

Anteriormente, o paciente que precisava realizar um exame de tomografia tinha que dar entrada no Serviço de Autorização Médica (SAM) e esperar pelo agendamento. Conforme a administração municipal, a fila de espera tinha mais de 1.200 pacientes e alguns aguardavam por esses exames desde 2014.

“Hoje a fila está praticamente zerada. Temos apenas alguns pacientes com os quais não conseguimos fazer contato por telefone para avisar sobre o agendamento. Esses casos estão sendo direcionados para que os profissionais das Unidades Básicas de Saúde tentem localizá-los”, explica o diretor de Regulação da Secretaria de Saúde, Rui Pereira.
Com essa mudança, os exames são agendados pela própria Unidade de Saúde e realizados no Hospital Municipal Eliane Martins (HMEM). O objetivo é zerar toda a fila de espera até o início do próximo ano.

Ressonância Magnética e Raios-X

Desde fevereiro deste ano, a oferta de exames de ressonância magnética e raios-X foi ampliada na rede pública de saúde. O resultado é que atualmente não há filas de espera.

Pacientes que precisam realizar exames de ressonância magnética devem dar entrada no Serviço de Autorização Médica (SAM), na rua Ocara, n° 20, bairro Iguaçu. Normalmente, na semana seguinte já recebem a autorização para agendar o exame no Hospital Márcio Cunha.

Quanto aos exames de raios-X, no início do ano foi identificado que chegava a aproximadamente 9 mil o número de pedidos acumulados. Desde então, a Secretaria de Saúde tem ampliado a oferta desses exames para reduzir o tempo de espera dos pacientes.

“Apesar da gravidade da situação, avançamos muito no atendimento da demanda. A Secretaria de Saúde fez um levantamento recente e identificou que hoje temos aproximadamente 450 exames de raios-X na fila de espera. E esses pacientes serão agendados durante o mês de dezembro. O objetivo é encerrar o ano sem filas de espera para radiografias. A partir da segunda quinzena de dezembro, os pacientes já deverão sair da Unidade Básica de Saúde com o exame agendado para a semana seguinte na Policlínica Municipal”, projeta o prefeito de Ipatinga, Nardyello Rocha.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Márcio 02 de Dezembro, 2019 | 18:15
Essa eu pago pra ver. Ademais, gostaria de manifestar referente a entrega de medicamentos de Ipatinga. É uma verdadeira tortura e desrespeito principalmente com idosos. Gostaria de ver o prefeito vestido com desfarce pegando remédio pra ele ver como funciona. Ninguém orienta corretamente, o ser humano sai do consultório todo sem norte. Quando acha que vai concluir o atendente fala que não levou o frasco vazio. Várias são as reclamações dos usuários, mas isso não chama atenção; por esse motivo a população não manifesta. Já era tempo de fazer entrega de medicamentos à domicílio; tem funcionário público sobrando na rede pública que poderiam fazer a entrega. Toda a cidade é dividida em regionais. A providência é contigo prefeito; você sabe fazer. Não deixe idosos na fila de espera, não tem necessidade.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO